Coimbra

Trotinetas Link já não andam em Coimbra. Apenas uma operadora está a circular na cidade

António Alves | 2 meses atrás em 22-02-2024

Um ano depois de ter sido anunciado pela autarquia, o serviço de trotinetas Link deixou de funcionar em Coimbra. O motivo desta retirada prende-se com o facto da startup Superpedestrian ter fechado a sua base nos Estados Unidos da América no final do ano de 2023.

PUBLICIDADE

De acordo com a página Techcrunch, o fecho da base americana deveu-se a motivos de ordem financeira e aconteceu ano e meio depois de terem garantido junto de vários investidores uma verba de 125 milhões de euros para o desenvolvimento do negócio.

Na mesma notícia, é dito que o responsável pretendia vender as operações que a empresa tinha na Europa. Uma informação que, agora, é confirmada com a retirada do serviço de trotinetas partilhadas das ruas de Coimbra, Lisboa, Cascais, Oeiras e Faro.

PUBLICIDADE

publicidade

Basta pesquisar na app do sistema para perceber que, no caso de Coimbra, não existe nenhuma trotineta na imagem. E, se andar pela cidade, facilmente se repara que neste momento apenas está disponível a operadora Bolt – trotinetas de cor verde.

Aliás, a própria aplicação ainda pode ser transferida na Play Store (Android), tendo deixado de aparecer nas pesquisas da App Store. De acordo com a empresa, as trotinetas Link eram mais largas e mais compridas do que a média, tinham um guiador e suspensão dianteira mais largos, o que possibilitava uma condução mais estável.

PUBLICIDADE

Contavam, ainda, com uma bateria com autonomia para 98 quilómetros, bem superior ao habitual, e estão preparadas para circular à noite, pois contam com luzes LED brilhantes na dianteira e traseira, que estavam sempre acesas, uma luz traseira que iluminava durante a travagem, e um sistema de informação de anel de luz LED exclusivo no guiador.

Recorde-se que, em janeiro de 2023, o município anunciou que a cidade iria dispor de um novo serviço de trotinetas partilhadas, que envolvia a circulação de 350 novos veículos Link. De acordo com a autarquia, a presença deste serviço resultou de um acordo entre as duas entidades que previa “para “a instalação e operação do sistema de trotinetas com motor na cidade”.

“Uma iniciativa que se enquadra na estratégia da autarquia de promoção da micromobilidade, prevista em ações do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano e do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável, que contemplam investimentos na mobilidade de ativa, nomeadamente através da criação de uma infraestrutura ciclável e de um sistema de parqueamento de bicicletas particulares, entre outras iniciativas promotoras do uso desses veículos”, referia na altura a câmara.

Questionado pelo Notícias de Coimbra, o município referiu que a empresa informou a 26 de dezembro de 2023 que “a Superpedestrian se encontrava numa situação muito comprometida e foi decidido cessar as operações a nível mundial”.

Perante esta decisão, a autarquia está “a proceder à alteração dos termos do acordo a estabelecer com os operadores, com especial impacto nas regras associadas ao estacionamento dos veículos, assim como a avaliar novas propostas de empresa que pretendem dar início à sua operação em Coimbra”.

Refira-se que já estiveram a funcionar na cidade as operadoras Lime, Bird e Flash. A própria Bolt estreou o serviço em Coimbra no ano de 2019, deixando poucos meses depois a cidade dos estudantes. O serviço foi retomado em 2021, mantendo-se até agora.

Frederico Venâncio, responsável de Micromobilidade da Bolt em Portugal, confirmou ao Notícias de Coimbra que a operadora “continua com total compromisso com a cidade de Coimbra”. Aliás, o objetivo é “continuar a investir na cidade, seja em termos de aumento de frota disponível como também, eventualmente, em infraestruturas dedicadas a este tipo de transportes”.

“Neste momento, temos cerca de 500 veículos de micromobilidade, entre trotinetes e bicicletas elétricas (que perfazem cerca de 20% da frota), a circular em Coimbra”, afirmou. Este número, recordou, “está em constante avaliação com o município e com a procura do mercado local, por forma a que também o serviço que prestamos esteja adequado às necessidades da população”.

A Bolt referiu que os conimbricenses “são um bom exemplo de adesão à mobilidade suave, e acreditamos que há potencial para continuar a crescer em conjunto com o município”.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE