Tribunais

Tribunal decide manter suspeito da morte de grávida em prisão domiciliária

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 5 meses atrás em 15-02-2024

Imagem: Ribeirinhas TV

A medida de coação de prisão domiciliária aplicada a Fernando Valente vai ser mantida.

PUBLICIDADE

Após a revisão dos pressupostos que conduziram à aplicação da medida restritiva de liberdade, feita aos três meses de detenção, o Tribunal de Instrução Criminal de Aveiro decidiu pela manutenção da medida de coação que estava em vigor, indica o Correio da Manhã.

Recorde-se que é suspeito de ter assassinado Mónica Silva, de 33 anos e grávida de 7 meses.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE