Tribunais

Sistemas informáticos dos tribunais continuam inoperacionais

Notícias de Coimbra com Lusa | 12 meses atrás em 07-06-2023

A rede informática que serve a Justiça, designadamente os sistemas CITIUS da jurisdição comum e SITAF dos tribunais administrativos e fiscais, continua hoje de manhã inoperacional, disse à agência Lusa fonte judicial.

PUBLICIDADE

Segundo adiantou a fonte, quer o sistema informático CITIUS, quer o SITAF, “estão em baixo”, e, embora nalguns sítios os sistemas arranquem, acabam por se desligar logo de seguida, não permitindo qualquer utilização.

Esta falha do sistema informático está, de acordo com a fonte, a colocar em causa as audiências de julgamento, as inquirições do Ministério Público e outras diligências que impliquem o recurso aos computadores da rede informática da Justiça.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“Tudo o que requeira também a gravação e que esteja ligado às plataformas informáticas não funciona”, acrescentou.

PUBLICIDADE

A fonte referiu que o Instituto de Gestão Financeira e de Equipamentos da Justiça (IGFEJ), responsável pelas plataformas informáticas da Justiça, comunicaram apenas que o problema se deve a “constrangimentos técnicos” e que esperam resolver a falha o mais breve possível.

Contactado o Ministério da Justiça, o gabinete de imprensa informou a Lusa que “decorrente do problema verificado na terça-feira no ‘datacenter’ externo onde estão alojados equipamentos da justiça, mantêm-se os constrangimentos técnicos em serviços que afetam serviços da Justiça”.

“As equipas tecnológicas estão a desenvolver os trabalhos para a total reposição dos mesmos”, conclui a resposta do Ministério da Justiça.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE