Governo

Saúde: Aprovadas mais 40% de vagas para recém-especialistas

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 mês atrás em 14-06-2024

O Governo aprovou hoje uma revisão do regime de admissão de médicos, que prevê que os concursos sejam da responsabilidade das unidades de saúde, e anunciou que serão abertas mais 40% de vagas face ao número de recém-especialistas.

PUBLICIDADE

“Aprovamos um decreto-lei que altera e revê o regime de admissão de pessoal médico”, com o objetivo de atrair e reter especialistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), adiantou o ministro da Presidência, após a reunião do Conselho de Ministros.

Segundo Leitão Amaro, está previsto um aumento em 40% das vagas para os recém-especialistas face ao número de médicos que concluíram a sua especialidade recentemente, com o objetivo de atrair para o SNS mais médicos.

PUBLICIDADE

De acordo com o governante, os concursos para a colocação dos médicos vão passar também a ser realizados, “não ao nível nacional e regional, mas ao nível de cada instituição de saúde”.

Com isso, o Governo pretende que “possa haver essa contratação desde que haja postos de trabalho no mapa de pessoal”, explicou António Leitão Amaro, ao adiantar que essa solução permite libertar um “conjunto de outros obstáculos burocráticos”, como é o caso do processo de demonstração de carência.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE