Conecte-se connosco

Tribunais

Prisão preventiva para 5 dos 7 detidos pela GNR por tráfico de droga no Norte

Publicado

em

O Tribunal de Vila Real decretou a prisão preventiva para cinco dos sete suspeitos de tráfico de droga detidos pela GNR numa operação que decorreu em quatro concelhos da região Norte, disse hoje fonte daquela força de segurança.

O comando Territorial da GNR revelou na segunda-feira que, após uma investigação policial que durou cerca de um ano e meio, deteve no sábado cinco homens, entre os 37 e os 55 anos, e duas mulheres, de 28 e 34 anos, por tráfico de droga nos concelhos de Vila Real, Peso da Régua, Mesão Frio e Gondomar.

Durante a operação policial foram realizados 14 mandados de busca, oito domiciliárias e seis não domiciliárias em viatura, que culminaram na apreensão de 1.107 doses de haxixe, 342 doses de cocaína, 312 doses de heroína e 123 doses de canábis.

A GNR apreendeu também vários telemóveis, 1.400 euros em numerário, duas viaturas, duas balanças, uma arma de ar comprimido, quatro munições, 114 saquetas de acondicionamento da droga, um computador, um ‘tablet’ e uma mesa de corte.

Os sete detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial de Vila Real, que decretou prisão preventiva, a medida de coação mais grave, para cinco dos suspeitos.

Os restantes dois ficaram sujeitos a apresentações semanais num posto policial da área de residência, ficando ainda proibidos de sair do concelho e de contactar com testemunhas ou visados no processo.

A operação policial contou com o reforço do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI), dos Destacamentos de Intervenção (DI) do Porto, Guarda, Viana do Castelo e Vila Real, bem como do apoio da Secção Cinotécnica do Porto e Vila Real, das Subunidades do Comando Territorial de Vila Real e da Secção Explosive Ordinance Disposal (EOD) de Vila Real.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade