Coimbra

“Norberto Canha não chumbava os seus alunos”

António Alves | 4 meses atrás em 26-03-2024

O Bastonário da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, afirmou esta terça-feira 26 de março que Norberto Canha era “uma personalidade grandiosa” de Coimbra. Apesar da idade, foi sempre “um homem de ação” na defesa dos seus ideais. Faleceu com 94 anos no passado domingo.

PUBLICIDADE

Em declarações ao Notícias de Coimbra, o médico lembrou que o ortopedista teve um papel muito importante na intervenção política e cívica e ainda “uma intervenção muito forte ao nível do ensino e na prestação de cuidados de saúde”.

Carlos Cortes lembrou que Norberto Canha era presidente do Conselho de Administração dos Hospitais da Universidade de Coimbra quando ocorreu a transferência de instalações.

PUBLICIDADE

Por outro lado, o bastonário disse que Norberto Canha tinha “uma dimensão humana muito bondosa e muito humilde”. “Ele sabia aquilo que era e aquilo que representava, mas sempre manteve a bondade, humildade e a vontade de ajudar os outros”, afirmou.

O trabalho desenvolvido no combate à filariose linfática – doença que afeta muitos cidadãos em África, nomeadamente, na Guiné-Bissau – foi realçado, com Carlos Cortes a afirmar que várias vezes recebeu contactos do médico ortopedista para o ajudar a ir operar nos países africanos onde existem muitas pessoas com esta doença.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Na entrevista ao Notícias de Coimbra, o bastonário recordou que foi com Norberto Canha que teve a cadeira de Ortopedia, recordando que com ele “muito dificilmente se chumbava”. “O máximo que podia acontecer era ter que repetir o exame no máximo 3 semanas depois, mas ele não chumbava os seus alunos”, frisou.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com Carlos Cortes

As exéquias fúnebres de Norberto Canha tiveram lugar na tarde desta terça-feira, 26 de março, na Capela de São Miguel na Universidade de Coimbra.

Entre os muitos presentes é de assinalar o vice-reitor João Nuno Calvão da Silva e o diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Carlos Robalo Cordeiro, bem como antigos diretores de faculdade, institutos superiores e até dirigentes distritais e locais do PSD.

Norberto Canha faleceu no passado domingo, 24 de março, em Coimbra. Tinha 94 anos de idade.

Veja o Direto Notícias de Coimbra com a saída da urna do Paço das Escolas

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE