Conecte-se connosco

Mundo

Nível de contágios em Espanha sobe ligeiramente pela primeira vez desde julho

Publicado

em

A incidência acumulada de contágios em Espanha aumentou hoje ligeiramente pela primeira vez desde finais de julho, tendo passado de 40,5 casos (quinta-feira) para 40,8 (hoje) por cada 100.000 habitantes diagnosticados nos últimos 14 dias.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol, o país registou 2.248 novos casos de infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, tendo ainda sido notificados mais 57 mortes atribuídas à doença durante este período.

O número total de casos registados no país desde o início da pandemia é de 4.984.386 e já morreram 86.974 pessoas devido à doença.

Por outro lado, nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 166 pessoas com covid-19 e o número de doentes hospitalizados desceu para 1.835 (eram 1.854 na quinta-feira), o que corresponde a 1,50% das camas.

Destes, 443 estão em unidades de cuidados intensivos (454 na quinta-feira), ocupando 4,86% das camas desses serviços.

Os serviços do Ministério da Saúde também anunciaram hoje que 37,03 milhões de pessoas já estão totalmente vacinadas contra a covid-19 (87,9% da população), e 37,87 milhões têm pelo menos uma das doses (89,9%).

De acordo com um inquérito do Centro de Investigações Sociológicas, 75,5% dos espanhóis acreditam que mais recursos económicos deveriam ser dedicados ao sistema de saúde com caráter de urgência, enquanto 20,5% dos entrevistados estão em desacordo.

Por outro lado, 76% dos inquiridos pensam que o número de pessoal de saúde deve ser aumentado, enquanto 20,8% pensam o contrário.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link