Tribunais

“Macaco” ouvido por videoconferência em julgamento por agressões

Notícias de Coimbra com Lusa | 5 meses atrás em 20-02-2024

O julgamento do líder dos Super Dragões e mais oito arguidos acusados de terem agredido adeptos do Benfica e agentes policiais num jogo de hóquei em patins, em 2018, vai decorrer esta manhã, com Fernando Madureira ouvido por videoconferência.

PUBLICIDADE

O líder da principal claque do FC Porto não vai estar presente no Tribunal do Bolhão, uma vez que pediu para ser ouvido por videoconferência, sendo que Fernando Madureira encontra-se detido preventivamente no âmbito da Operação Pretoriano.

Esta é a terceira sessão do julgamento deste caso, sendo que nas duas anteriores Fernando Madureira também não esteve presente, apresentando justificação.

PUBLICIDADE

Além de Fernando Madureira é também arguido Hugo Carneiro, conhecido por “Polaco”, que está igualmente detido preventivamente no âmbito da mesma operação e que até ao momento não foi possível saber se irá estar presente.

À porta do Tribunal do Bolhão há fortes medidas de segurança, com a presença de vários elementos da PSP.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Os arguidos são acusados de terem agredido adeptos do Benfica e agentes da PSP num jogo de hóquei em patins entre a equipa lisboeta e o FC Porto, em 2018.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE