Conecte-se connosco

Coimbra

Linha Verde da ECOVIA continua sem venda de bilhetes!

Publicado

em

A ECOVIA  voltou à cidade de Coimbra no passado dia 1 de junho, mas um mês depois a Linha Amarela continua sem funcionar e ainda não é possível a compra de bilhete para a Linha Verde da Ecovia.

No dia 2 de julho o Notícias de Coimbra procurou acompanhar os diferentes percursos e verificou que apenas as linhas Roxa e Vermelha estão em pleno funcionamento com um acesso facilitado por parte do utilizador à Ecovia.

A Linha Amarela permanece inativa.

O Notícias de Coimbra contactou os SMTUC de forma a compreender o motivo para a Linha Amarela ainda não estar ativa, mas não obteve resposta até ao momento.

Também a Linha Verde continua a apresentar dificuldades de acesso.

Para o utilizador que pretenda usufruir da Linha Verde e deixar o carro no estacionamento do Parque Verde, parque associado à Ecovia, percebe que ao chegar à bilheteira do parque de estacionamento não lhe é vendido um bilhete Ecovia. A indicação é que se dirija a uma loja SMTUC para a compra desse bilhete. O Notícias de Coimbra dirigiu-se à loja SMTUC do Museu da Água e a resposta foi idêntica: “aqui não vendemos bilhetes para a Ecovia”.

A solução apresentada foi a venda de um passe rede geral +, um passe com um custo de 35 euros mensais válido para toda a rede SMTUC. Para o utilizador que pretenda esporadicamente usufruir da Linha Verde da Ecovia em vez do custo estipulado de 2,60 euros por estacionamento com duas viagens (ida e volta), essa viagem passaria a um custo de 35 euros. Questionando na loja SMTUC do Museu da Água pela existência desses bilhetes únicos a resposta foi que não existem, apenas o passe geral pode ser vendido.

Foi ainda apresentada uma terceira opção ao Notícias de Coimbra, comprar o bilhete no próprio autocarro da Linha Verde da Ecovia, mas também essa opção não está acessível ao utilizador.

Os SMTUC anunciam na sua página que “aos clientes deste novo sistema, bastará dar entrada num dos parques que servem de suporte a este serviço e escolher a sua modalidade de deslocação adquirindo o respetivo Bilhete de Estacionamento+Deslocação ou utilizando o Passe Rede Geral+, e de seguida, subir a bordo da viatura do serviço dedicado que frequentemente (10min/15min) assegurará a ligação até ao seu local de destino, numa viagem tranquila e sem stress associado”.

Para quem deseje usufruir da Linha Verde a facilidade e comodidade de estacionamento na cidade é assim colocada em causa.

Já na inauguração no dia 1 de junho, o Notícias de Coimbra enfrentou as mesmas dificuldades no acesso à Linha Verde.

Em junho o NDC fez um pedido de esclarecimento sobre esta situação na Linha Verde, ao qual os SMTUC respondem que “a opção foi iniciar a primeira fase do serviço a 1 de junho precisamente para se poder melhorar algumas questões, como a reportada” pelo Notícias de Coimbra.

Um mês depois a situação ainda não foi resolvida e a ausência de passageiros na linha permanece. O Notícias de Coimbra contactou novamente os SMTUC no passado dia 2 de julho mas não obteve resposta até ao momento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link