Coimbra

José Manuel Silva mudava a Torre da Universidade para Monte Real? PS diz quem sim!

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 19-06-2018

“Para José Manuel Silva, a Torre da Universidade mudava para Monte Real”, declara o Partido Socialista em comunicado enviado a Notícias de Coimbra.

PUBLICIDADE

Informa o PS que na “reunião de Câmara de dia 18 de junho de 2018, o Vereador do tal Movimento “Somos Coimbra”, José Manuel Silva, abandonou a sala, alegando ter um compromisso que o impedia de continuar a representar os cidadãos que o elegeram”.

PUBLICIDADE

“Qual não é o nosso espanto, quando o Ex-bastonário da Ordem dos médicos aparece, publicamente numa sessão promotora da ideia do Aeroporto aberto à Aviação Civil em…Monte Real”, lamenta a concelhia socialista liderada por Carlos Cidade, que é Vice-Presidente da Câmara Municipal.

Prossegue o PS: Ficamos desde logo na dúvida, se José Manuel Silva assinou a sua “passagem “ pela reunião de executivo e irá receber o valor da senha de presença, que certamente lhe compensará as despesas de viagem e alimentação, ou se já recebe como Vereador de “Monte Real”. Mas deixando os “pormaiores” que tanto assolam o espírito de transparência bacoca do representante do Movimento do “Somos Coimbra”, é importante focarmo-nos no essencial”:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

José Manuel Silva foi defender o aeroporto de Monte Real, ao invés de defender a solução aeroportuária no Município de Coimbra, acusam os socialistas.

O PS dia ainda que “interesse do “Vereador de Monte Real”, José Manuel Silva, é dar mais força à candidatura de Leiria, a Capital Europeia da Cultura”.

“Entendemos, todos, que José Manuel Silva possa ter um problema de orientação, por ter passado tanto tempo fora de Coimbra e da defesa dos seus interesses, mas qual Dom Sebastião regressou! Contudo o nevoeiro deve tê-lo desviado para os lados do Liz”, ironizam os socialistas.

“Entendemos todos, que José Manuel Silva se queira juntar a Santana Lopes, num Fórum sobre o aeroporto e sobre uma visão estratégica para a Zona Centro, porque ambos são,  claramente, gladiadores dos interesses dos habitantes do Distrito de Coimbra, mas acima de tudo serve para que José Manuel Silva pisque o olho a alguns setores do PSD de Coimbra”, acrescenta a estrutura liderada por Carlos Cidade.

Entendemos todos, que o “Vereador de Monte Real” queira, nas reuniões do Município de Coimbra, defender a solução aeroportuária (recorde-se que em abril deste ano, defendeu outras localizações para a infraestrutura aeroportuária na zona norte do Concelho de Coimbra), mas que, no seu íntimo, esteja mais preocupado em denegrir a imagem de Coimbra do que com o desenvolvimento e sucessos  da nossa cidade e prefere, por isso, abandonar uma reunião do seu município para defender as soluções de outros concelhos.

O PS afirmar saber  “que Monte Real não irá, a médio prazo, (por razões geoestratégicas) passar para aviação civil. Sabemos que não é um Aeroporto a menos de 150 kms de Lisboa que vai ser alternativa a Lisboa, mais (Montijo). Sabemos que Monte Real não encontra em Leiria uma ligação ferroviária urbana e de passageiros entre Coimbra/Aveiro/Lisboa/Porto e outros, e que implicaria investimentos avultados nesse sentido. Sabemos que querem Monte Real quem quer aproximar Leiria a Lisboa e Aveiro ao Porto, tentando isolar Coimbra e demovendo os outros investimentos estruturais da Região (IP3, Sistema de Mobilidade do Mondego-Metro Bus, Linha da Beira Alta, Reabilitação da estação de Coimbra-B, entre outros)”.

Os socialistas entendem que “José Manuel Silva foi defender o aeroporto de Monte Real ao invés do Aeroporto em Coimbra, porque convém aos seus interesses políticos pessoais a médio prazo.

“Para derrotar o PS, José Manuel Silva até levava a Torre da Universidade para Monte Real, o que vale é que nós por cá não deixamos!”, dizem em tom irónico?.

Notícias de Coimbra constatou que o vereador da Câmara Municipal de Coimbra saiu da sessão do executivo municipal quando faltavam 10 minutos para as 6 da tarde.

Segundo a agência Lusa,  José Manuel Silva esteve presente no debate “Regionalização ou Descentralização”, marcado para as 18 horas desse dia 18 de junho, na Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos.

O ex-bastonário da OM José Manuel Silva defendeu a descentralização de competências, mas mostrou-se contra a regionalização, que, a acontecer, poderia permitir a “esquartejamento do Serviço Nacional de Saúde e a sua microprivatização”, noticiou a agência.

O “Fórum Aviação Civil em Monte Real: uma aposta para o desenvolvimento futuro da região” terá tido inicio às 21:00 desse dia, no  Teatro José Lúcio da Silva, em Leria.

O ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes disse, por exemplo, que “alguém tem dúvida de que o aeroporto vai trazer muito maior desenvolvimento económico? As 600 mil dormidas na região centro chegam para assegurar o equilíbrio do aeroporto”.

Recordamos que Manuel Machado prometeu a construção de um aeroporto internacional em Coimbra.

Depois de ter sido reeleito, o líder da autarquia conimbricense recorreu  a Manuel Queiró, ex-presidente da CP e líder de um forum que defende ou defendia a solução Monte Real, para este engenheiro estudar a “revisão estratégica dos Planos Municipais para a mobilidade aérea internacional”.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE