Conecte-se connosco

Coimbra

Manuel Machado promete Aeroporto Internacional em Coimbra

Publicado

em

Estamos aqui para apresentar aos cidadãos de Coimbra o nosso projeto para continuar a executar a mudança estrutural do concelho e da cidade que está em curso desde outubro de 2013, começou por dizer Manuel Machado na sua apresentação nos claustros do Convento São Francisco, evento “apadrinhado” por António Costa, Secretário-Geral do Partido Socialista.

manuel machado

Mais do que o balanço dos últimos quatro anos, afirma que está aqui “para apresentar a nova geração de políticas e de projetos que temos para a cidade e para o concelho, agora que conseguimos construir as condições para as lançar e para as executar na encantada e fantástica Coimbra, acrescentou o recandidato à liderança da Câmara Municipal de Coimbra.

IMG_0780

Manuel Machado afirma que está aqui para continuar o compromisso que o anima: Valorizar Coimbra!

Cita Rui Namorado, para dizer que Valorizar Coimbra assume “a ideia de haver uma realidade de que se parte e que portanto se respeita para se poder valorizar.”

Logo de seguida, Manuel Machado passa ao ataque, para dizer que para ele tem “um significado muito especial lançar esta candidatura no Convento São Francisco”, “um bom exemplo do estado em que encontrámos a cidade”.

IMG_0902

É um bom exemplo de tudo o que teve de  fazer para alterar o legado que o PSD e os seus autarcas da Câmara lhe deixaram, porque, para Manuel Machado em 2013 encontrou o “projeto em curso” do Convento São Francisco da pior maneira possível. Parado e em tosco! Com infiltrações de jorros de água no fosso da orquestra do Grande Auditório”.

O socialista garante que é dos “que preferem construir em vez de destruir, enfrentámos o problema. Afirmámos publicamente, para que toda a gente soubesse, que não pactuaríamos “nem com fugas para a frente, nem com atos mafiosos”. E trabalhámos com determinação para encontrar soluções!”

“No final, conseguimos acabar este projeto em tempo recorde! E conseguimos pô-lo a funcionar em boas condições, no prazo indispensável para não desperdiçar um cêntimo de Bruxelas”, avança Manuel Machado.

mm1

O mau legado que recebemos há quatro anos do PSD e do CDS e dos seus presidentes de Câmara, não se esgotava, infelizmente, na forma como encontrámos o Convento São Francisco, lamenta o entusiasmado candidato do Partido Socialista.

Manuel Machado continua fixado na governação Carlos Encarnação/Barbosa de Melo: Após 12 anos a gerirem a Câmara de Coimbra como entenderam deixaram à cidade e ao concelho vários legados terríveis. O que fizemos em quatro anos reverteu por completo essa a situação no concelho e na cidade. Pusemos todas as obras a andar.

O socialista que pretende completar 20 anos na presidência da Câmara de Coimbra afirma memos que avançou “com uma autêntica operação integrada de requalificação urbana da zona histórica da cidade classificada pela UNESCO como Património da Humanidade”.

Do que fez ou espera fazer destaca os projetos de recuperação da Encosta da Sofia;  a revitalização da Praça do Comércio e a valorização do Largo da Sé Velha;  a ligação entre a Baixa e a Alta feita através do Jardim Botânico;  a  requalificação do Parque Manuel Braga está em desenvolvimento;  a ciclovia entre Coimbra B e o Vale das Flores/Portela; a reabilitação da entrada do Choupal; os caminhos pedonais entre a Cruz de Celas, Baixa e Santa Clara; o Parque Verde do Mondego; a requalificação do Estádio Universitário para acolher, os EUSA Games e a Faculdade de Educação Física e do Desporto.

IMG_1223

Foi preciso trabalhar muito para estar hoje em condições de aproveitar em pleno a alteração das condições de contexto que, antes, impediam que se fizessem as intervenções no terreno – como é o caso das obras na Via Central entre a Rua da Sofia e a Fernão de Magalhães, frisa o actual líder da autarquia conimbicense.

O recandidato diz mesmo que transformou o Convento São Francisco numa referência nacional,que ajudou a construir uma solução para o Sistema de Mobilidade do Mondego, e conseguiu o compromisso para a requalificação e a modernização da Estação de Coimbra B. Tudo “graças à cooperação activa com o actual Governo do PS”.

Temos em marcha o processo de desassoreamento do Rio Mondego e a recuperação e requalificação das suas margens para tornar o quotidiano de Coimbra melhor, mais seguro, mais sustentável e mais atraente, lembra Manuel Machado.

IMG_1072

O autarca socialista garante que reduziu em mais de um terço o endividamento da Câmara. Gaba-se ter levado à Assembleia Municipal “um superavit operacional de 29 milhões de euros”.

Por tudo isto está em “condições de inovar mais, ainda, promovendo o Orçamento Participativo que constitui uma forma de democracia participativa, facultando aos cidadãos o poder de decisão direta sobre utilização de verbas públicas devidamente estruturado conforme a regulamentação consistente impulsionada pelo actual Governo”.

Acrescenta que com as  condições que conseguiu criar, Coimbra é “um dos municípios do país melhor posicionados para avançar com a contrapartida nacional dos fundos europeus do Portugal 2020”. 

mm2

“No próximo mandato, a nossa principal prioridade é: dinamizar o investimento, apoiar a atividade das empresas”, garante Manuel Machado.

É por termos tudo isso em marcha – é por termos conseguido recuperar o essencial da cidade e do concelho e pô-los a funcionar – que nos podemos agora dedicar, com afinco, a acelerar os estímulos ao potencial económico e empresarial de Coimbra.

Neste primeiro mandato, criámos as condições para, nos próximos anos, fazermos a ponte entre a iniciativa empresarial e a mão de obra altamente qualificada que é formada pelo ensino superior de Coimbra,

“Nos próximos quatro anos lançaremos Coimbra como uma cidade de investimento e de negócios. As nossas prioridades estão orientadas para as Tecnologias de Informação, para o grande e promissor “cluster” da Saúde e para a fileira de atividades que cruzam a produção cultural, o turismo numa cidade património da UNESCO e as indústrias criativas”, promete.

Foi com “este espírito” que Manuel Machado lançou a candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura em 2027. “Uma candidatura agregadora, aberta e que quer aproveitar todo o património da região”.

FAP CERNACHE

Agora a promessa mãe de todas as promessas:  Para esta nova fase, há um instrumento que falta a Coimbra – e, faltando a Coimbra, falta à Região Centro: uma infraestrutura aeroportuária.

Como presidente da Câmara Municipal de Coimbra liderarei no próximo mandato autárquico a transformação do aeródromo de Coimbra – o Aeródromo Municipal Bissaya Barreto, em Cernache – num aeroporto civil comercial. No essencial, a pista já está preparada para receber aviões de grande porte: ainda em julho o Presidente da República lá aterrou a bordo do maior avião que, neste momento, está ao serviço da Força Aérea Portuguesa.

Queremos reproduzir no futuro Aeroporto Internacional de Coimbra o mesmo modelo que colocámos em prática no desassoreamento e na reabilitação das margens do Mondego: a Câmara de Coimbra assume, a Câmara faz, a Câmara lidera – e o Governo apoia, afiança Manuel Machado.

Afiança que “com este novo aeroporto, Coimbra resolverá uma parte do seu problema de distância dos grandes aeroportos de Lisboa e Porto”. ” Um aeroporto vocacionado para voos “low cost” e – sobretudo tendo como destino Coimbra e Fátima – para voos “charter”.

IMG_1095

A terminar Manuel Machado sublinhou que não conhece “nada mais estimulante, nem mais entusiasmante, nem mais compensador, do que estar entregue em dedicação exclusiva ao projeto de Valorizar Coimbra”.

Antes de concluir promete “continuar a transformar este concelho e esta cidade fantástica de História, de Património, de Ciência e de Cultura, numa cidade empreendedora, numa cidade de Investimento, numa cidade de Inovação, de Tecnologia e de Indústrias Criativas”.

A sessão apresentada pelo grande Sansão Coelho contou ainda com intervenções de Pedro Coimbra, Luís Marinho, Rui Alarcão e António Costa.

Manuel Oliveira (ex-líder da concelhia de Coimbra do PSD) surpreendeu ao aparecer na apresentação de Manuel Machado.

Elísio Estanque (expulso do PS por em 2013 ter integrado a lista do CpC) também esteve nesta tarde de domingo nos Claustros do Convento São Francisco.

Veja o vídeo da nossa transmissão em directo:

Notícia em desenvolvimento
 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com