Tribunais

Homem acusado de atear dois incêndios florestais em silêncio no tribunal

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 anos atrás em 14-12-2021

Um homem de 39 anos acusado de ter ateado dois incêndios florestais em Santa Maria da Feira, no distrito de Aveiro, remeteu-se hoje ao silêncio no início do julgamento.

PUBLICIDADE

O arguido, que começou esta tarde a ser julgado no Tribunal da Feira, está acusado de dois crimes de incêndio florestal, ocorridos em 23 de agosto.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), o arguido ateou dois incêndios no espaço de 10 minutos na freguesia de São João de Ver, que resultaram numa área ardida de 3.500 metros quadrados.

PUBLICIDADE

publicidade

O suspeito, que terá sido visto por uma testemunha a sair do local dos incêndios, foi detido um dia depois pela Polícia Judiciária (PJ).

Na altura, a PJ referiu que os incêndios foram provocados com recurso a cigarro e isqueiro, tendo sido ateados em zona de caminho confinante com povoamento florestal.

PUBLICIDADE

“A rápida intervenção dos Bombeiros Voluntários de Santa Maria da Feira permitiu que [os fogos] não atingissem moradias nem uma extensa área de floresta existente nas imediações”, revelou a PJ em comunicado.

Após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, o arguido ficou com a medida de coação de prisão domiciliária.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE