Crimes

Está identificado corpo encontrado em poço amarrado com pedras

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 3 meses atrás em 30-01-2024

Foi descoberto o corpo de uma mulher num poço isolado em Ovar, na quinta-feira, 18 de janeiro, e veio-se a revelar um crime macabro.

PUBLICIDADE

O cadáver, que foi encontrado por um popular que limpava um terreno contíguo, estava de bruços, vestido de macacão e tinha malas com pedras amarradas, para não boiar.

No início tudo indicava que seria o corpo de Patrícia Simonetti, de 43 anos, que morava perto e estava desaparecida desde o dia 4 deste mês. Thomaz, marido desta mulher, acreditava ser a esposa. Costumava vir passear para aqui com o cão. Zangámo-nos no final de dezembro e ela andava estranha. Íamo-nos divorciar”.

PUBLICIDADE

publicidade

Contudo, na tarde de 26 de janeiro, a irmã do marido de Patrícia foi chamada ao Instituto de Medicina Legal e afirma que “não é a cunhada”.

As primeiras informações fizeram a família de Mónica Silva correr para o local, acreditando que poderia ser o corpo da grávida, de 33 anos, desaparecida desde 3 de outubro.

PUBLICIDADE

Após levantada a probabilidade de ser Mónica, a família dirigiu-se ao local, mas houve informação de que familiares da grávida se envolverem em confrontos com a mãe de Fernando Valente.

A PJ refere que esta, terça-feira, dia 30 de janeiro, já se sabe qual a identidade do cadáver e que nas próximas horas será conhecida.

Notícia atualizada aqui.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE