Conecte-se connosco

Tribunais

Dois homens em prisão preventiva por rapto e sequestro de uma mulher

Publicado

em

Dois dos três detidos na terça-feira por suspeita de terem raptado, sequestrado e agredido uma mulher na Amadora ficaram em prisão preventiva depois de ouvidos hoje por um juiz, disse à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Além destes dois homens, foi detida uma mulher que está grávida e que ficou em liberdade com obrigação de apresentações periódicas às autoridades, disse a mesma fonte da PJ.

Três pessoas foram detidas na terça-feira por suspeita de terem raptado, sequestrado e agredido uma mulher de 33 anos na Amadora, no distrito de Lisboa, em novembro do ano passado, anunciou hoje a PJ.

Os detidos têm entre 34 e 36 anos e são suspeitos daqueles crimes, que tiveram como vítima uma mulher de 33 anos, “na sequência do não pagamento de uma elevada dívida”, segundo um comunicado da PJ.

“A vítima foi mantida sob sequestro durante quatro dias, no decurso dos quais seria ameaçada e agredida fisicamente”, revelou a Polícia Judiciária.

Segundo a PJ, os três detidos têm antecedentes criminais e foram hoje levados ao Tribunal de Instrução Criminal da Amadora, para o primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

A detenção destas três pessoas foi feita pela Unidade Nacional Contra Terrorismo da PJ e no cumprimento de vários mandados de busca domiciliária e de detenção, no âmbito de um inquérito que está a ser conduzido pelo DIAP da Amadora (Ministério Público).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link