Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Coimbra

Câmara ameaça “dar umas reguadas” a empresa que “alimenta” escolas

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 30-11-2016

A Câmara Municipal de Coimbra dá a sua versão do que aconteceu na escola Básica de São Martinho do Bispo.

PUBLICIDADE

c

Recordamos que hoje, 30 de novembro, os encarregados de educação disseram”basta” à má comida” servida pela empresa contratada pelo município.

Decidiram dizer “basta, pois num almoço anunciado de Rancho, a comida tinha má apresentação e sabor desagradável, tendo sido vedada à associação de pais o registo fotográfico e que a comida fosse provada, sendo que por parte dos meninos houve recusa em comer e tendo sido possível a prova depois da intervenção da coordenadora da escola que atestou este mesmo mau paladar”. Tinha um “sabor intragável”. “Não era rancho. Era um empadão de uma coisa qualquer””.

Em comunicado enviado a NDC  a autarquia afirma que “desde logo, convém sublinhar que não se tratou de comida estragada, mas antes de massa mal cozida”.

“Assim que foi detetada esta situação, a Câmara Municipal de Coimbra agiu de imediato, fazendo deslocar um técnico à EB1 de São Martinho, que ali chegou às 14h10.”

A EB1 de São Martinho é alvo de inúmeras monitorizações, mas hoje não foi o caso. O técnico, que se encontrava a monitorizar a escola de Assafarge, deslocou-se deste estabelecimento para São Martinho.

Mesmo não se tratando de comida estragada, vai ser aplicada uma sanção à empresa fornecedora das refeições, como previsto no Caderno de Encargos.

A CMC revela que nesta segunda-feira, o vereador Jorge Alves reuniu com a administração da empresa fornecedora ICA, “que deu garantias concretas de estar a aplicar as medidas corretivas necessárias”.

A CMC “informa ainda que está em vias de implementar outras medidas, respeitando o Código de Contratação Pública. A CMC tem mantido ao corrente as Associações de Pais das diligências efetuadas. No passado dia 18 de novembro, ocorreu uma reunião com as Associações de Pais e com a Melhor Educação, em que as mesmas foram informadas do desenrolar de todo este processo. Incluindo a Associação de Pais da EB1 de São Martinho”.

31 incidências graves. Falta de comida. Falta de comida própria para consumo humano. Ineficácia de quem presta o serviço. Estas são algumas das razões apontadas pela Associação de Pais da Escola Básica de São Martinho Bispo (APEBSM).

A APEBSMB deixou de ter confiança na empresa ICA, a empresa contratada pela Câmara Municipal de Coimbra. “Não gera qualquer confiança”. “Sacode a água do capote”. Também não confia nos serviços da INTEGRAR, sub-contratada pela ICA.

Ricardo Pocinho, Presidente da Associação de Pais da Escola Básica de São Martinho Bispo, acrescentou em conferência de imprensa que os encarregados de educação lamentam que a alimentação tenha falta de qualidade, falta de segurança e falta de acondicionamento. Entende que a ICA não tem credibilidade para fornecer alimentação a crianças.

Pais não confiam em quem serve comida nas escolas de Coimbra

 

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com