Conecte-se connosco

Câmaras

Bandeira Verde para escolas de Cantanhede

Publicado

em

As 21 instituições escolares do Município de Cantanhede envolvidas no programa no Programa Eco-Escolas acabam de ser distinguidos com a Bandeira Verde atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa.

À semelhança de anos anteriores, o concelho destacou-se pelo elevado número de instituições de diversos graus de ensino galardoadas em função dos projetos de educação ambiental que desenvolveram, tendo sido o primeiro da Região Centro e do Distrito de Coimbra a esse nível e o sexto no contexto nacional.

A entrega das insígnias teve lugar no pavilhão desportivo de Vila Nova de Gaia, em 15 de outubro, com a presença de representantes das 1.100 escolas que participaram no programa.

A Câmara Municipal Cantanhede, enquanto entidade parceira no desenvolvimento da iniciativa, recebeu o Certificado de Município Parceiro, que foi entregue ao vereador da Educação e do Ambiente, Pedro Cardoso.

A acompanhar o autarca na cerimónia estiveram responsáveis e alunos envolvidos no desenvolvimento dos projetos que estiveram na base da atribuição da Bandeira Verde, designadamente escolas do Agrupamento de Escolas Lima de Faria – Cantanhede, do Agrupamento de Escolas Gândara-Mar, do Centro de Estudos Educativos de Ançã e da Escola Técnico Profissional de Cantanhede.

No total, participaram nas atividades cerca de 1500 crianças, coordenadas por 21 docentes, num processo que abrangeu diferentes níveis de ensino (pré-escolar e 1.o, 2.o e 3.o ciclos do ensino básico, público e privado e ensino técnico profissional).

A autarquia colaborou na elaboração das candidaturas e no desenvolvimento das atividades de cada um dos estabelecimentos de ensino, atribuiu aos agrupamentos de escolas um subsídio para o efeito, assegurou suporte técnico e logístico sempre que solicitado e proporcionou a todos os alunos envolvidos uma viagem de estudo com incidência em temas relacionados com questões ambientais.

Destinado a todos os graus de ensino, do pré-escolar ao superior, o Eco-Escolas é um programa internacional operacionalizado através de uma metodologia inspirada nos princípios da Agenda 21 local, visando garantir a participação das crianças e jovens na tomada de decisões, envolvendo-os assim na construção de uma escola e de uma comunidade mais sustentáveis.

Este aspeto é enfatizado pelo vereador da Educação e do Ambiente da Câmara de Cantanhede, Pedro Cardoso, para quem «o programa enquanto estratégia de Educação Ambiental e até mesmo de educação para a cidadania, pois implica que sejam mais interventivos, críticos, responsáveis, é uma forma de induzir estratégias de intervenção na comunidade, baseadas na identificação de problemas e na busca de soluções que visem um dia-a-dia mais sustentável».

O autarca felicita, «em representação do Município de Cantanhede, os alunos, professores e técnicos auxiliares, no fundo a todos os intervenientes nesta iniciativa, pelo empenho na implementação de ações sobre a defesa do ambiente e do desenvolvimento sustentável, dando a melhor resposta possível a este grande desafio que hoje se coloca a todos quantos estão envolvidos no processo educativo. Este é mais um estímulo para continuarmos este trabalho de consciencialização das crianças e jovens relativamente à importância da natureza e da preservação do meio ambiente», concluiu.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com