Região

Voluntariado ambiental regressou à Mata do Sobral na Lousã

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 anos atrás em 25-10-2021

O mês de outubro marcou o início da plantação de espécies autóctones na Mata do Sobral, no âmbito das ações voluntariado cidadão, um projeto financiado pela Junta de Freguesia de Serpins e Câmara Municipal da Lousã, financiado pelo POSEUR.

PUBLICIDADE

Seis turmas dos 7.º e 8.º do Agrupamento de Escolas da Lousã plantaram três espécies de árvores: medronheiros, carvalhos e sobreiros, num total de cerca de 1.000 plantas.

Para além disso, houve ainda a oportunidade de arrancar pequenas acácias na zona plantada evitando a sua proliferação, revela a Câmara Municipal em Nota de Imprensa. A autarquia sublinha a relevância do contributo dos jovens no “tanto trabalho que há a fazer na Mata do Sobral” e perceberam a importância deste tipo de ações para o território e para a vida das pessoas”.

PUBLICIDADE

No fim de semana decorreu mais uma ação de voluntariado aberta à comunidade em geral e que contou com a participação de 15 voluntários e foi dinamizada por elementos do grupo informal “Reflorestar a Lousã com espécies nativas”.

As ações decorrem até final de dezembro e incluem ações com escolas, associações e, também, com a sociedade civil, num esforço coletivo de reflorestação desta aérea florestal tão importante para o território da Lousã.

PUBLICIDADE

Entre setembro e dezembro de 2020, este projeto contemplou várias ações de combate às invasoras, com especial enfoque no arranque e descasque de acácias. Depois de desenvolvidos os trabalhos de limpeza da mata, estão reunidas as condições necessárias para o processo de reflorestação como forma de regenerar parte da mancha florestal destruída pelo grande incêndio de 2017.

Assim, ao longo dos próximos meses a comunidade vai ser chamada a colaborar na recuperação do património ambiental da Mata do Sobral, na freguesia de Serpins.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE