Conecte-se connosco

Política

Violência doméstica diminuiu 8% entre janeiro e abril

Publicado

em

A violência doméstica diminuiu 8% entre janeiro e abril deste ano em relação ao mesmo período de 2020, anunciou hoje o ministro da Administração Interna, avançando que os números da criminalidade geral e violenta desceram nos primeiros quatro meses de 2021.

Na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, onde está a ser ouvido, Eduardo Cabrita afirmou que, entre janeiro e abril, a criminalidade geral baixou cerca de 7% e a criminalidade violenta e grave diminuiu 19%.

O governante sublinhou que também se registaram descidas “em crimes particularmente sensíveis”, como a violência doméstica, que diminuiu 8% nos primeiros quatro meses de 2021, e o roubo na via pública, com uma redução de 38%.

O ministro fez igualmente um balanço da atuação das forças de segurança durante o estado de emergência e da situação de calamidade devido à pandemia de covid-19.

Segundo Eduardo Cabrita, a PSP e a GNR realizaram, até 25 de maio, 1.036 detenções, encerraram 4.110 estabelecimentos e registaram 55.610 contraordenações.

“O reforço do quadro legal das forças de segurança feito em janeiro faz com que 90% destas contraordenações, 48. 276, tenham sido aplicadas entre janeiro e maio”, precisou.

Portugal esteve entre novembro de 2020 e 30 de abril em estado de emergência devido à pandemia, passando a situação de calamidade a 01 de maio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link