Justiça

Viola, espanca e corta dedo a mulher

Notícias de Coimbra | 3 meses atrás em 20-03-2024

Um homem de 44 anos é o principal suspeito do crime de violação, espancamento e violência contra a mulher junto à Barragem de Castelo de Bode, em Tomar.

PUBLICIDADE

Para além da violação, o suspeito amputou um dedo à vítima e cortou-lhe o cabelo e as sobrancelhas. De acordo com o Correio da Manhã, a violência entre o casal já não era uma situação nova, arrastando-se mesmo “há algum tempo”.

A situação agravou-se quando a mulher, de 42 anos, informou o marido de que ia pedir o divórcio. Na sequência desta informação, a vítima foi espancada e violada pelo marido junto à barragem de Castelo de Bode em Tomar.

PUBLICIDADE

A violação teve lugar dentro de uma viatura automóvel na madrugada de domingo, 17 de março. Após este crime, o homem ainda convenceu a mulher a regressar com ele para casa.

Para além de a amarrar, o marido espancou-a e cortou-lhe o dedo anelar com uma tesoura de poda e rapou o cabelo e as sobrancelhas.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Só algumas horas mais tarde é que a esposa teve oportunidade de pedir socorro às autoridades, acabando por ficar internada no hospital. Devido à gravidade dos ferimentos foi transportada para o Hospital de São José onde irá ser submetida a uma cirurgia plástica de reconstrução.

Após os atos de tortura, o marido fugiu de casa mas acabou por ser detido ao final da manhã de domingo pela GNR e entregue depois à Polícia Judiciária de Leiria.

Para além dos crimes praticados nesta madrugada, o suspeito está também acusado da prática de crimes de violência doméstica e violação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE