Conecte-se connosco

Vila Nova de Poiares cria Centro de Competências da Caprinicultura

Publicado

em

O município de Vila Nova de Poiares vai acolher um Centro de Competências da Caprinicultura, que contará com cinco entidades fundadoras, no âmbito de um protocolo a assinar hoje à tarde.

joão miguel henriques

O presidente da autarquia, João Miguel Henriques, explicou à agência Lusa que a ideia surgiu no âmbito da marca Poiarescapriland, criada com o objetivo de desenvolver uma estratégia integrada para promover o território e os seus produtos endógenos.

“Aproveitámos um produto endógeno com tradições no nosso concelho, com o qual se confeciona a tão afamada chanfana”, acrescentou.

O Centro de Competências da Caprinicultura terá como parceiros o município, a Universidade de Coimbra, a Escola Superior Agrária de Coimbra, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e a Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela e, na sua opinião, vem colmatar uma lacuna que existe.

“Existe naturalmente muita informação, alguma investigação, muita experiência, mas que está disseminada por várias regiões do país. Era importante congregar toda essa informação e encontrar uma forma de partilhar experiências”, justificou João Miguel Henriques.

Essa partilha beneficiará “toda a fileira associada à produção de gado caprino e à sua transformação e comercialização”, acrescentou.

A estas cinco entidades fundadoras que hoje assinam o protocolo deverão juntar-se outras.

“O que pretendemos é associar o maior número de entidades de forma que a discussão, a partilha, a reunião de informação seja o mais eficaz possível, indo ao encontro das necessidades de toda esta fileira da caprinicultura”, frisou o autarca.

Segundo João Miguel Henriques, o Centro de Competências da Caprinicultura “vai começar a funcionar imediatamente”. Após a celebração do protocolo, será elaborado um plano de atividades e depois “irá começar a funcionar e a dar resposta aos objetivos para os quais foi criado”.

“A partir do momento em que está assinado o protocolo de colaboração, estamos em condições de começar o trabalho. Existe uma grande motivação da parte de todas as entidades fundadoras e existe também interesse e motivação da parte de outras entidades que se vão querer associar”, acrescentou.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com