Conecte-se connosco

Destaque

Vereador Rui Sampaio é o candidato do PSD à Câmara de Góis

Publicado

em

O vereador Rui Sampaio é o candidato do PSD à Câmara de Góis nas eleições autárquicas deste ano, confirmou hoje a Comissão Política do partido neste concelho do distrito de Coimbra.

Em comunicado, a estrutura local afirma que Rui Sampaio, funcionário público, “voltou a merecer a confiança de todos, resultado de um trabalho sério, responsável e, acima de tudo, de inequívoca defesa do superior interesse do concelho de Góis” e das suas populações.

“Acreditando que foi evidente a melhoria do nível da política local, sem casos, com propostas e espírito congregador, a mudança agora está nas mãos de todos”, acrescenta a Comissão Política da Secção de Góis do PSD.

Aprovada a escolha do independente Rui Sampaio pelos militantes do concelho, num plenário realizado em janeiro, o nome foi homologado pela comissão política distrital e nacional do PSD.

António Rui de Sousa Godinho Sampaio, de 60 anos, exerce as funções de chefe do Serviço de Finanças no vizinho concelho da Lousã.

“Esta candidatura apareceu naturalmente, na sequência também do que tem sido o meu mandato”, disse à agência Lusa.

O candidato aposta na constituição de uma equipa e num programa eleitoral para “combater a desertificação”, criar emprego e dotar Góis de melhores acessibilidades aos municípios próximos, a Coimbra e às principais autoestradas da região.

“A falta de acessos com qualidade condiciona o desenvolvimento do concelho e de uma região com problemas de interioridade e desertificação”, declarou.

Rui Sampaio adiantou que, caso seja eleito presidente da Câmara, vai “tentar fazer o melhor possível” para Góis, concretizando um programa concebido “de uma forma mais pensada” para ser divulgado no âmbito da campanha eleitoral.

O candidato do PSD vive há 42 anos em Góis, após ter vindo com a família de Angola, onde nasceu, na sequência da revolução do 25 de Abril de 1974, que abriu caminho à independência da antiga colónia portuguesa.

Nos 12 atos eleitorais realizados desde as primeiras autárquicas, em 1976, o PS conquistou 11 vezes a Câmara de Góis, enquanto o PSD venceu apenas uma, em 1979, elegendo Victor Dias para a presidência.

O candidato é presidente, desde 2003, da Associação Educativa e Recreativa de Góis, uma das mais importantes coletividades locais, fundada em 1939, que desenvolve atividades nas áreas do desporto, cultura e recreio, entre outras, além de integrar a direção do Centro Social Rocha Barros, uma instituição particular de solidariedade social.

A Câmara Municipal é presidida pela socialista Maria de Lurdes Castanheira, que está a completar o terceiro e último mandato.

Composto por cinco lugares, o executivo inclui dois eleitos do PS, dois do Grupo de Cidadãos Eleitores Independentes por Góis e um do PSD.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade