Conecte-se connosco

Crimes

Vendedor ambulante impõe serviços de vigilância para “sacar dinheiro” a empresário

Publicado

em

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, deteve em flagrante delito, na cidade da Póvoa de Varzim, um indivíduo fortemente indiciado pela prática do crime de extorsão agravada. 

O arguido, há cerca de duas semanas atrás, abordou o ofendido, construtor civil, com uma obra na Póvoa de Varzim, propondo-se fazer segurança e vigilância ao estaleiro de obras, mediante o pagamento de uma determinada quantia em dinheiro.

Não obstante ter recusado aquela tarefa de vigilância e segurança, o arguido entrou por diversas vezes em contacto com o ofendido exigindo dinheiro por um serviço que nunca tinha praticado, não estava habilitado legalmente a fazê-lo, nem para o qual tinha sido contratado.

No passado dia 26, mediante ameaça com uma arma de fogo, o arguido constrangeu o ofendido a que este lhe entregasse o numerário pedido no montante de algumas centenas de Euros.

No dia de ontem, voltou a contactar o ofendido exigindo um novo pagamento, marcando um encontro para a concretização da entrega, altura em que foi abordado e detido por esta Polícia.

O detido, com 50 anos de idade, vendedor ambulante, com antecedentes policiais por passagem de moeda falsa, vai ser presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade