Portugal

Vem aí a Olívia. Mau sinal!

Notícias de Coimbra | 3 semanas atrás em 02-04-2024

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou hoje para as previsões de ventos fortes, ondas de sete metros e chuva a partir de quarta-feira nos Açores, devido à passagem da depressão Olívia.

PUBLICIDADE

Em comunicado, a delegação dos Açores do IPMA refere que a depressão Olívia, com um sistema frontal associado, encontrar-se-á na tarde de quarta-feira a cerca de 190 quilómetros a noroeste (NW) do Corvo.

“A influência desta depressão deverá começar a sentir-se a partir de amanhã, quarta-feira”, lê-se no comunicado.

PUBLICIDADE

Assim, prevê-se que a depressão Olívia provoque um aumento significativo da intensidade do vento, com rajadas que poderão atingir os 110 quilómetros por hora no grupo Ocidental (Flores e Corvo) e os 100 quilómetros por hora no grupo Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial).

“Associada a esta situação meteorológica deverá ocorrer precipitação por vezes forte, mais frequente nas ilhas dos grupos Ocidental e Central”, explica ainda o IPMA, indicando que a agitação marítima deverá aumentar, com ondas que poderão chegar de altura significativa aos sete metros no grupo Ocidental e aos seis metros no grupo Central.

PUBLICIDADE

Ainda segundo o IPMA, a superfície frontal fria associada a esta depressão provocará também um aumento da intensidade do vento no grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria), com rajadas que poderão atingir os 80 quilómetros por hora, períodos de chuva e ondas com altura significativa até cinco metros.

Devido a estas previsões, o IPMA emitiu hoje um aviso laranja de vento para as ilhas do grupo Ocidental, a partir da manhã de quarta-feira.

Aquelas duas ilhas açorianas já estão hoje sob aviso amarelo, até ao final da tarde, devido ao vento, direção de sudoeste (SW), rodando para oeste (W).

Num aviso emitido já hoje, o IPMA elevou para laranja o aviso para o grupo Ocidental, durante quarta-feira, por causa do vento, direção de sudoeste (SW), rodando para oeste (W), entre as 11:00 locais (12:00 em Lisboa) e as 17:00 de quarta-feira.

Devido à agitação marítima e às previsões de precipitação, por vezes forte, o IPMA emitiu também avisos amarelos para as ilhas do grupo Ocidental, válidos até quarta-feira.

O IPMA já tinha emitido para hoje avisos amarelos para o grupo Central referentes a precipitação por vezes forte, vento e agitação marítima, situação que se vai manter até à noite de quarta-feira.

O aviso laranja é o segundo mais grave da escala e é emitido em “situação meteorológica de risco moderado a elevado”, segundo o IPMA.

Já o aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE