Conecte-se connosco

Portugal

Veja o que acontece nos 10 concelhos que não avançam no desconfinamento

Publicado

em

Dez concelhos ficam impedidos de avançar hoje para a terceira fase do plano de desconfinamento do continente português, dos quais quatro recuam à primeira fase.

Por registarem, pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, uma taxa de incidência de casos de covid-19 acima de 240 por 100 mil habitantes, os concelhos de Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior recuam hoje para a fase anterior do plano, ou seja, regressam à primeira etapa, que foi implementada a partir de 15 de março.

Noutro patamar, são seis os concelhos que estão impedidos de avançar para a terceira fase do plano, mas também não retrocedem, mantendo as medidas relativas à segunda fase, que vigorou entre 05 de abril e domingo.

São eles Alandroal, Albufeira, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela, que registam uma taxa de incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes na mais recente avaliação quinzenal.

Apesar de estarem impedidos de avançar para a terceira fase, estes 10 concelhos de maior risco vão seguir o plano previsto relativamente à reabertura das escolas, em que também voltam ao ensino presencial os alunos do ensino secundário e do ensino superior – como no resto do continente português -, a partir de hoje.

Recuam para a primeira fase do plano

As restrições e medidas previstas na primeira fase do plano de desconfinamento voltam a ser aplicadas, a partir de hoje, nos concelhos de Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior.

O recuo implica o encerramento de esplanadas, lojas até 200 metros quadrados (m2) com porta para a rua, ginásios, museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares.

Há a proibição de feiras e mercados não alimentares, assim como de modalidades desportivas de baixo risco.

Nestes quatro concelhos, volta a ser proibido circular para fora do município, restrição que se aplica diariamente durante os próximos 15 dias, ainda que estejam previstas exceções, como deslocações em trabalho ou assistência a familiares.

Permite-se o funcionamento de:

– Comércio ao postigo;

– Salões de cabeleireiros, manicures e similares, após marcação prévia;

– Estabelecimentos de comércio de livros e suportes musicais;

– Parques, jardins, espaços verdes e espaços de lazer;

– Bibliotecas e arquivos.

Mantêm a segunda fase do plano 

Depois da saída de Beja deste grupo, os concelhos que mantêm as medidas em vigor, sem poderem avançar para a terceira fase do plano de desconfinamento, são Alandroal, Albufeira, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela.

Permite-se:

– Funcionamento de lojas até 200 m2 com porta para a rua;

– Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);

– Funcionamento de esplanadas, com a limitação máxima de quatro pessoas por mesa, até às 22:30 nos dias de semana e até às 13:00 aos fins de semana;

– Prática de modalidades desportivas consideradas de baixo risco;

– Atividade física ao ar livre até quatro pessoas;

– Funcionamento de ginásios sem aulas de grupo;

– Funcionamento de equipamentos sociais na área da deficiência.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com