Primeira Página

Vai em peregrinação a Fátima. Cuide dos seus pés (não espere por milagres!)

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 19-04-2024

Na preparação para a peregrinação a pé entre a Guarda e Fátima, alguns peregrinos participaram numa conversa sobre os cuidados a ter durante a caminhada, dinamizada pela enfermeira Vanessa Matos, peregrina desde os 17 anos.

PUBLICIDADE

A enfermeira aconselhou a não se arranjar os pés na véspera, porque a pele mais fina favorece o aparecimento de bolhas, a levar calçado já bem habituado aos pés e meias com o mínimo de costuras.

Sugeriu também a hidratação dos pés durante o caminho, à noite e de manhã.

PUBLICIDADE

“O objetivo é o de que o pé transpire o menos possível”, assinalou Vanessa Matos.

Pediu ainda que se leve um par de sapatilhas adicional com tamanho maior do que o habitual e prevenção para o sol, nomeadamente com boné e protetor solar.

PUBLICIDADE

Salientou igualmente a importância da hidratação e da medicação diária.

No caso de peregrinos com doenças patologias crónicas, Vanessa Matos sugeriu aos peregrinos consultarem o médico de família para saber que medicação poderão fazer em caso de dores durante o caminho.

Durante a caminhada, recomendou aos peregrinos que levem o menor peso possível, bastando uma mochila com água, o boné, o protetor e algumas barritas para repor as energias até às refeições.

Ao final do dia, no banho, sugeriu jatos de água direcionados para os músculos e descanso das pernas com um pouco de elevação.

Com a experiência de mais de 20 peregrinações, Vanessa Matos salientou que se trata de uma semana atípica, em que a componente psicológica irá sobressair.

No convívio tão intenso com pessoas de diversas personalidades e vivências, Vanessa Matos aconselhou os peregrinos a terem algum espírito de tolerância e respeito uns pelos outros.

“E as pessoas não devem ter vergonha de pedir ajuda se não se estiverem a sentir bem”, destacou a enfermeira.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE