Conecte-se connosco

Crimes

Usa pintassilgos como chamarizes para atrair outras aves

Publicado

em

O Comando Territorial de Aveiro, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Santa Maria da Feira, no dia 6 de novembro, identificou um homem de 64 anos por uso de mecanismo de caça não autorizado, na freguesia de Sanguedo, no concelho de Santa Maria da Feira.

No decorrer de uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório para prevenção e deteção de situações ilícitas, os elementos do NPA detetaram dois mecanismos de caça, com recurso a meio não autorizado (armadilha), bem como duas gaiolas com alçapão, contendo no seu interior duas aves (pintassilgos). Ainda no mesmo local encontravam-se duas gaiolas com dois chamarizes (Serinus serinus), usados para atrair outras aves.

No decorrer desta ação, foi ainda fiscalizado um anexo onde o suspeito tinha em cativeiro um pintassilgo acabado de capturar.

As aves foram recolhidas e entregues no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia, para restituição ao habitat natural.

No decorrer da ação da ação foram ainda apreendidas as duas gaiolas de alçapão.

O suspeito assumiu a propriedade dos mecanismos de caça, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira.

A Guarda relembra que quem capturar espécies não cinegéticas, com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, incorre num crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegética e é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 100 dias.

A Guarda Nacional Republicana, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade