Universidade

Universidade de Coimbra quer juntar escolas e famílias para promover vida saudável

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 02-02-2023

Um projeto europeu coordenado pela Universidade de Coimbra (UC) e que reúne instituições portuguesas, espanholas e alemãs, quer juntar escolas, famílias, crianças e jovens na promoção de estilos de vida saudáveis desde a infância.

PUBLICIDADE

Intitulado RYHEALTH (sigla inglesa que significa uma abordagem abrangente para a promoção da saúde), o projeto agrega atividade física, dieta saudável, saúde mental e bem-estar, envolvendo a família e a escola e direcionado a estudantes dos ensinos básico e secundário, revelou a UC, numa nota hoje enviada à agência Lusa.

“Pretende-se que crianças e jovens deixem de orientar a sua saúde por fatores extrínsecos e passem a tomar opções (sobre exercício, alimentação, entre outros) de forma intrínseca, para que a vida saudável seja uma escolha e não uma imposição”, explicou, citada na nota, a docente da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC) e coordenadora do projeto, Paula Tavares.

PUBLICIDADE

“É fundamental promover esta visão holística junto de crianças e jovens para que experimentem, aprendam e vivam vários comportamentos saudáveis, de forma sustentada, ao longo da vida, sendo a escola um lugar de grande relevância para adquirirem e experienciarem esses comportamentos”, vincou a professora da FCDEFUC.

Por outro lado, ao envolver a família, o RYHEALTH, que decorrerá até 2025, pretende ter “um impacto intergeracional, em que todos participam ativamente na promoção de estilos de vida saudáveis, independentemente da idade”, destacou Paula Tavares.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O novo programa, financiado em mais de um milhão de euros pela Comissão Europeia, envolve iniciativas que, segundo a UC, “assentam em cinco pilares”, o primeiro dos quais visa apoiar a promoção de atividades ao ar livre e estilos de vida saudáveis junto de alunos de escolas básicas e secundárias.

Melhorar as competências de professores e famílias para a promoção da saúde e prevenção de doenças através da adoção de comportamentos saudáveis, facilitar e aumentar as práticas de atividades que melhorem a saúde desde tenra idade e aumentar a consciencialização sobre os impactos positivos de hábitos saudáveis, são outros objetivos do projeto europeu.

Por último, o RYHEALTH quer criar uma rede de instituições, escolas, estudantes e famílias na Europa para a promoção do desporto, de atividades ao ar livre e de estilos de vida saudáveis.

Em Portugal, além da UC, o projeto envolve os agrupamentos de escolas da Anadia (através da Escola Básica de Vilarinho do Bairro) e da Sertã, “estando em curso o recrutamento de escolas do município de Coimbra”.

O RYHEALTH agrega ainda a Outdoor Against Cancer e a Escola Internacional Montessori de Munique – Campus de Mónaco, ambas da Alemanha e a Universidade de Cádiz (Espanha).

Na Universidade de Coimbra, o projeto conta ainda com a participação de Alain Massart, Beatriz Gomes, Maria João Campos e Paulo Nobre, docentes da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE