Primeira Página

Universidade de Coimbra é a instituição de ensino superior mais sustentável em Portugal

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 12-06-2024

Pelo quinto ano consecutivo, a Universidade de Coimbra (UC) foi considerada a instituição de ensino superior mais sustentável em Portugal. De acordo com o Times Higher Education Impact Rankings 2024, divulgado hoje, a UC ocupa o 57.ª lugar a nível mundial e é também a instituição de ensino superior mais sustentável do sul da Europa (que inclui Portugal, Espanha, Itália e Grécia).

PUBLICIDADE

Com um score total de 91,5 em 100, a UC foi a instituição com melhor desempenho global em Portugal e no sul da Europa no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, nesta que foi a edição mais participada desde que existe o ranking (1963 instituições avaliadas).

“É com muito agrado que vemos mais um prestigiado ranking internacional reconhecer a Universidade de Coimbra como a instituição de ensino superior mais sustentável de Portugal e parte da elite mundial no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, declara o Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão. “Esta distinção é um estímulo para continuarmos a trabalhar em prol do ambiente e da preservação do planeta”, sublinha.

PUBLICIDADE

Em 2024, a Universidade de Coimbra volta a destacar-se no alcance do ODS 2 – Erradicar a Fome, sendo considerada a 27.ª melhor universidade do mundo no cumprimento deste objetivo. Para este objetivo contribuíram iniciativas como o UC Share, que promove a doação solidária de refeições para estudantes beneficiários por qualquer membro da comunidade e que pretende sensibilizar para a escassez de alimentos; existência do menu social (a preços acessíveis) nas cantinas; a promoção de campanhas de combate ao desperdício alimentar e a existência de mecanismos de monitorização do desperdício; a disponibilização de produtos às Repúblicas a preços reduzidos; ou a integração de critérios de sustentabilidade nos cadernos de encargos para aquisição de produtos alimentares para as cantinas. 

No que diz respeito ao ODS 3 – Saúde de Qualidade (81.ª posição mundial), contribuíram para este resultado os diversos serviços de saúde que a UC disponibiliza à comunidade, a aposta na área da saúde mental, assim como a promoção da prática regular de desporto e atividade física. Para este ODS contribuiu também um projeto pioneiro a nível nacional na área da investigação do envelhecimento, o Instituto Multidisciplinar do Envelhecimento (MIA-Portugal) que, além da contribuição para a génese de conhecimento, está direcionado para a exploração clínica e empresarial, com vista a desenvolver novas estratégias profiláticas e terapêuticas para atenuar a incidência e desenvolvimento de doenças crónicas associadas ao envelhecimento, assim como desenvolver novas metodologias de promoção de qualidade de vida do idoso.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Já no ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestruturas (49.ª posição mundial) a UC destacou-se pelo contributo do UC Business, que visa transformar a Universidade de Coimbra num parceiro essencial para o tecido empresarial, realizando iniciativas com diferentes estruturas de negócio enquadradas nas múltiplas áreas de conhecimento da UC. Importa realçar o portefólio acumulado de patentes ativas (399) e o contributo dos projetos de investigação e inovação que contribuem para este ODS (com uma pontuação de 99,8 em 100 no THE Impact Rankings) Merece ainda destaque o facto de a Incubadora do Instituto Pedro Nunes se encontrar no top dez das Melhores Incubadoras do Mundo na categoria University Business Incubators, publicado em  2023. 

Destaca-se também a posição alcançada pela UC no ODS 17 – Parcerias para o Desenvolvimento (60.ª posição mundial), para o qual contribuíram projetos como a Plataforma Portuguesa para a Integridade, à qual a UC aderiu em 2023; a subscrição da 2.ª edição do Pacto para a Valorização da Economia Circular na Região Centro e o facto de a ONU, no âmbito da United Nations Academic Impact (UNAI), ter destacado, em 2023, a Universidade de Coimbra como instituição-modelo no acolhimento de estudantes refugiados. Para além disso, a UC integra mais de uma dezena de redes cujas missões se encontram diretamente ligadas à promoção de desenvolvimento sustentável, como por exemplo a UNAI, a UN Global Compact Network, a EC2U, o Coimbra Group, a Rede Campus Sustentável e o ORSIES. Destas redes, fundamentais para a partilha de boas práticas, a UC é membro fundador de seis, incluindo a mais recente Rede de Sustentabilidade das Instituições de Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa. Por fim, realça-se trabalho voluntário que a UC promove e que conta com 50 instituições parceiras. 

O Times Higher Education Impact Rankings tem como objetivo medir o sucesso global das instituições de ensino superior no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. No total, o Times Higher Education Impact Rankings contabiliza 18 rankings: um ranking por ODS e um ranking global. 

Para estes rankings é analisada a forma como a investigação, o ensino e a gestão das instituições contribuem para o alcance dos ODS definidos pelas Nações Unidas, constituindo-se como o único instrumento mundial de avaliação destes compromissos.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE