Conecte-se connosco

Coimbra

UGT diz que baixa da taxa de desemprego decorre de efeito sazonal

Publicado

em

 O Secretário-Geral da UGT, Carlos Silva, disse hoje que a descida da taxa de desemprego para 15,6% no terceiro trimestre decorre de um “efeito sazonal” relacionado com o turismo e restauração nos meses de verão.

“Vamos ver qual serão os números do último trimestre, aí é que iremos fazer o cômputo [geral”, disse Carlos Silva à agência Lusa, na Figueira da Foz, à margem de uma visita à celulose Celbi.

“Naturalmente que à UGT agradaria que os números do desemprego baixassem de uma forma ainda mais drástica. Era sinal de que começava a haver sinais de dinamização da economia”, argumentou.

No entanto, o líder sindical mantém “algum ceticismo” relativamente aos números finais de 2013.

“Passando o efeito sazonal das ocupações do verão na área turística, e agora também se vão refletir os cenários de professores desempregados, milhares de contratados que ficaram sem colocação, vamos verificar que em dezembro, certamente, os números [do desemprego] irão outra vez ultrapassar os 17%”, frisou Carlos Silva.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou hoje que a taxa de desemprego em Portugal foi de 15,6% no terceiro trimestre, 0,8 pontos percentuais abaixo do trimestre anterior e menos 0,2 pontos que no mesmo período de 2012.

Segundo os resultados do Inquérito ao Emprego do INE, entre julho e setembro, a população desempregada foi de 838,6 mil pessoas, o que representa uma diminuição homóloga de 3,7% e uma diminuição trimestral de 5,3% (menos 32,3 mil e menos 47,4 mil pessoas, respetivamente).

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com