Coimbra

Turismo do Centro: Pedro Machado “espera” por Victor Baptista

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 23-05-2018

A Assembleia Geral Eleitoral da Turismo do Centro decidiu hoje remarcar para o dia 06 de julho as eleições para a direção desta Entidade Regional, inicialmente agendadas para 23 de maio, abrindo caminho a listas alternativas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

“O reagendamento do ato eleitoral deve-se a diferentes interpretações jurídicas sobre a contagem dos prazos previstos no Regulamento Eleitoral da Turismo do Centro de Portugal”, justifica Luís Correia, Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Entidade Regional.

PUBLICIDADE

publicidade

Invocando “razões de segurança jurídica”, a Mesa da Assembleia Geral “decidiu dar sem efeito a data inicialmente aprazada”, tendo já reiniciado o procedimento com nova convocatória dirigida aos membros da Assembleia Geral, avança Luís Correia.

Este adiamento abre a porta à possibilidade de as eleições virem a ser disputadas por mais do que uma lista. Já no terreno está a recandidatura de Pedro Machado, apresentada em Aveiro na semana passada e subscrita por mais de 90 por cento dos 150 membros do colégio eleitoral, composto por municípios e associações.

PUBLICIDADE

Cinco anos após ter sido eleito pela primeira vez para a liderança da Entidade Regional Turismo Centro, Pedro Machado assegurou o apoio de mais de 90 dos 100 municípios que compõem a região.

O atual presidente da Turismo Centro poderá ter como adversário o ex-governador civil de Coimbra Victor Baptista, que foi o primeiro a levantar a questão dos prazos eleitorais. Num texto de opinião publicado no semanário de Coimbra Campeão das Províncias, o ex-deputado do Partido Socialista queixou-se de que não estariam a ser respeitados os prazos legais para a marcação das eleições.

Para marcar a data das eleições, a Assembleia Geral estava a usar como referência a data da eleição de há cinco anos, enquanto Victor Baptista argumentava que o prazo de sessenta dias devia começar a contar tendo como ponto de partida a data da tomada de posse.

A decisão de hoje vem satisfazer a pretensão de Baptista, que, em declarações à Lusa, considera “estarem agora reunidas as condições mínimas de prazos para diligenciar a constituição de uma lista alternativa ao atual presidente executivo da Região de Turismo”. O ex-governador civil e deputado confirma que já iniciou contactos.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com