Vamos

Tudo o que já sabemos sobre as Festas do São João no Porto

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 24-05-2024

As festividades do São João voltam a animar, de 23 para 24 de junho, as ruas do Porto, com música em três palcos da cidade, fogo-de-artifício na Ribeira, mas sem carrosséis na Boavista, foi hoje revelado.

PUBLICIDADE

Naquela que é considerada a noite mais longa do Porto, vão ser novamente instalados três palcos na cidade: Largo do Amor de Perdição (Cordoaria), Jardins do Palácio de Cristal e Casa da Música.

Pelas 22:00, o Largo do Amor de Perdição acolhe os concertos de Fernando Correia Marques e, após a meia-noite, Augusto Canário & Amigos apresentam “os temas mais recentes para todos dançarem”, indica o programa de festividades.

PUBLICIDADE

Também pelas 22:00, Ana Moura sobe ao palco dos Jardins do Palácio de Cristal. Os “sons quentes” da Orquestra Bamba Social Roda de Samba irão, logo depois, animar os jardins.

Já na Casa da Música, a noite arranca com um concerto-tributo a José Pinhal, pelo grupo José Pinhal Post-Mortem Experience. A Casa da Música irá receber também os DJ Hipster Pimba e Pop’lar.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O “momento alto da noite”, o fogo de artificio, vai, sob o rio Douro, colorir os céus do Porto e de Vila Nova de Gaia durante 16 minutos, fruto de um investimento de 72.900 euros partilhado pelos dois municípios.

O habitual concerto da Banda Sinfónica Portuguesa na Concha Acústica dos Jardins do Palácio de Cristal irá decorrer no dia 24 de junho, pelas 18:00, sendo a entrada livre.

Ao longo das semanas que antecedem a noite de São João, estão previstos vários espetáculos em jardins e praças das freguesias da cidade, como na Alameda das Fontainhas (Bonfim), o parque de estacionamento da Casa de Salgueiros (Paranhos), o Jardim Sarah Afonso (Ramalde), a Praça da Corujeira (Campanhã), a Esplanada do Castelo (Foz) e no Largo da Praia (Miragaia).

As zonas de diversão, com carrosséis, farturas e sardinhas, vão estar concentradas de 07 a 30 de junho em três locais: na Alameda das Fontainhas, no Jardim António Calém e na Avenida D. Carlos I.

“Ao contrário dos anos anteriores e devido a constrangimentos logísticos que se prendem com as atuais obras da Metro do Porto, a Rotunda da Boavista não terá a habitual zona de divertimentos”, lê-se.

Segundo o programa, “uma das novidades da edição” é a realização das Rusgas na noite do dia 22 de junho, a partir das 21:00, na zona histórica da cidade.

“Todas as freguesias são assim convocadas para mostrar as suas músicas, costumes e tradições”, refere o programa, acrescentando que o evento, que conta com um concerto da fadista Lenita Gentil, culmina na Praça do General Humberto Delgado com a atuação ao júri.

Antes das Rusgas, a 15 de junho, os ranchos voltam a sair à rua para a tradicional Arruada de Ranchos, a partir das 15:00.

O programa adianta ainda que de 12 a 30 de junho, o piso superior do Mercado do Bolhão volta a acolher a Cascata Comunitária de São João, e de 19 a 22 de junho, a Praça do General Humberto Delgado volta a acolher a instalação “Flores de Manjerico”, desenvolvido pelos FAHR 021.3.

Este ano, o orçamento global das festividades foi de 680 mil euros.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE