Conecte-se connosco

Região

Foi multado em França mas nunca saiu de Montemor-o-Velho (com vídeo)

Publicado

em

O reboque de um trator agrícola, que nunca saiu da zona de Montemor-o-Velho, foi multado em França no passado dia 18 de dezembro. O proprietário, Joaquim Fona, está indignado e já apresentou queixa na GNR. A multa pode chegar a quase 400 euros.

“Este trator nunca saiu daqui da freguesia de Liceia, é um trator agrícola anda aqui na aldeia, nunca me desloquei a França. Isto é indigno”, garante o proprietário, camionista de longo curso reformado. Por isso, quando recebeu em casa, na localidade de Arroia, ficou incrédulo.

“Para ser multado naquela zona tinha que circular a 90km/hora. Será que o meu trator dá isso? Por amor de Deus! Nem 30”, ironiza.

A notificação das autoridades francesas dá conta que o reboque circulava, no dia 18 de dezembro, às 12:37, na interseção da Avenue de la Gare com a Rue des Paleines, em direção a Limoges, em Roumazieres Loubert, 16270 França. “É uma mentira. Alguém andará a circular com uma matrícula falsa”, alega.

O reformado, de 67 anos, dirigiu-se à GNR e ao Ministério Público tendo apresentado queixa contra desconhecidos. Teme agora que mais multas possam vir a seguir a esta. “Isto é uma fraude e muito grave ou então um engano do IMT (Instituto da Mobilidade e Transportes)!”, afirma.

No mínimo Joaquim Fona terá de pagar 90 euros pela infração, que não cometeu, mas a coima pode chegar aos 375 euros se demorar mais do que 76 dias a pagar.

Veja o direto NDC com Joaquim Fona, proprietário do veículo multado:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link