Conecte-se connosco

Cidade

Tolerância zero ao “estacionamento selvagem” em Coimbra

Publicado

em

Em cinco dias, a Polícia Municipal de Coimbra multou uma centena de condutores por mau estacionamento no Terreiro da Erva. A revelação foi feita pelo vereador Carlos Lopes, na reunião de Câmara desta segunda-feira, na qual José Manuel Silva decretou “tolerância zero ao estacionamento selvagem”.

O assunto foi “puxado” pela vereadora socialista Regina Bento, que deu conta de viaturas mal estacionadas na Baixa da cidade, dando como exemplo a dificuldade que uma ambulância teve em aceder à Praça do Comércio para socorrer uma criança que se feriu nos insufláveis ali instalados. “Felizmente não foi nada de grave”, disse. Também Carlos Cidade (PS) já tinha usado as redes sociais para considerar “inqualificável o que se está a passar no Terreiro da Erva, desqualificando um espaço urbano que foi devolvido aos cidadãos e à cidade”. O vereador acompanhou o texto com uma imagem de vários carros estacionados em cima do passeio.

Carlos Lopes, responsável pela Polícia Municipal, admitiu que a estratégia de multas, com “100 automobilistas multados entre os dias 15 e 20” no Terreiro da Erva, “não está a resultar”.
“Temos um problema grave de estacionamento em Coimbra”, assumiu o presidente da Câmara, referindo que o assunto “não é novo”. José Manuel Silva garantiu que “os prevaricadores vão ser multados diariamente”, decretando “tolerância zero ao estacionamento selvagem na cidade”.
O autarca assegurou que vai “enfrentar o problema com determinação” e proceder “à regularização do estacionamento”, com um plano que passa “pelo reforço da Polícia Municipal e pela colaboração com a PSP”. O líder do executivo esclareceu contudo que esse plano vai ser “definido e comunicado” publicamente para que ninguém afirme que não teve conhecimento.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade