Crimes

Tinha na mala do carro mais de 1.700 quilos de amêijoa imprópria para consumo

Notícias de Coimbra | 3 meses atrás em 19-03-2024

Um homem de 28 anos foi identificado por conduzir um veículo automóvel que transportava 1.740 quilos de amêijoa-japonesa no concelho do Fundão.

PUBLICIDADE

Segundo a GNR, a apreensão destes bivalves ocorreu no âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária do Comando Territorial de Castelo Branco.

Neste âmbito, “os militares da Guarda detetaram e abordaram um veículo que transportava os referidos bivalves em situação irregular, uma vez que não era detentor de documento de registo e de transporte obrigatórios, o que não permitia determinar a origem dos bivalves”.

PUBLICIDADE

Ao mesmo tempo, o transporte dos sacos de amêijoa-japonesa não cumpriam “as normas obrigatórias relativas à rastreabilidade, havendo assim possibilidade de se constituírem um perigo para a saúde pública”.

Os bivalves, depois de verificação higiossanitária, serão destruídos. Quanto ao condutor da viatura, e depois de ser identificado, foi-lhe levantado um auto de contraordenação, por falta de documento de registo.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Na nota, a GNR refere que “a captura, depósito e expedição deste tipo de bivalves, sem que sejam sujeitos a depuração ou ao controlo higiossanitário, pode colocar em causa a saúde pública, caso sejam introduzidas no consumo, devido à possível contaminação com toxinas, sendo o documento comprovativo da origem fundamental para a prevenção da introdução de forma irregular no consumo”.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE