Cinema

Tiago Cerveira vence Prémio Novas Vistas Lumière

Notícias de Coimbra | 3 anos atrás em 28-12-2020

“Rasteira” um filme de Tiago Cerveira, acaba de conquistar o Prémio Novas Vistas Lumière 2020, na categoria Documentário.

PUBLICIDADE

O desafio do Mar Fim Festival impede que os concorrentes utilizem algumas das possibilidades tecnológicas dos meios atuais, obrigando-os a concentrarem-se apenas na componente narrativa que a imagem em movimento contém.

PUBLICIDADE

O nome atribuído ao concurso deve-se ao pioneirismo que os irmãos Lumière tiveram no desenvolvimento do olhar cinematográfico sobre o mundo que os rodeava, tendo-nos deixado um conjunto assinalável de pequenos filmes, as Vistas Lumière.

As vistas, ou fotografias animadas, como ficaram inicialmente conhecidas em Portugal, eram filmes de um só plano, normalmente sem movimentos físicos da câmara, rondando os 30 segundos de duração e, naturalmente, sem som síncrono ainda, que apenas surgiria em 1927.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Estas vistas seriam os precursores dos filmes de atualidades, um género documental que terá forte desenvolvimento antes do aparecimento da televisão.

O jovem realizador, natural de Travanca de Lagos, concelho de Oliveira do Hospital venceu com um filme rodado na Praia da Murtinheira, realizado exclusivamente para este concurso que acontece na cidade de Ílhavo.

Tiago Cerveira conquista assim o seu sétimo prémio de cinema em 2020, tendo alcançado os restantes seis com o documentário “A Máscara de Cortiça” em festivais de cinema nacionais e internacionais.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE