Conecte-se connosco

Destaque

Terras da Chanfana cria circuito com as quatro provas de trail do território (com videos)

Publicado

em

As paisagens e o património natural das Terras da Chanfana têm agora um circuito de trail que junta as provas dos quatro municípios do território e que foi hoje apresentado em Vila Nova de Poiares. Os atletas terão de estar inscritos nas quatro provas, que se realizam em Miranda do Corvo, Poiares, Lousã e Penela, entre janeiro e abril de 2022.

O Inter Trail Terras da Chanfana agrega as quatro provas de trail curto, com distâncias entre 18 e 20 quilómetros, nomeadamente o Trilho dos Abutres, a 30 de janeiro, em Miranda do Corvo, Poiares Trail, a 13 de fevereiro em Vila Nova de Poiares, Louzantrail, a 3 de março na Lousã, e o Trilho do Infante, a 10 de abril em Penela.

A agregação das provas deve-se a uma candidatura integrada na “promoção territorial da Dueceira” no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva I Nature – Turismo Sustentável em áreas classificadas, sendo co-financiado pelo Centro 2020, com cerca de 26 mil euros.

“Captar ainda mais pessoas e adeptos do trail para virem a participar nas provas dos quatro concelhos” é o objetivo do novo circuito disse o presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares. João Miguel Henriques sublinhou, durante a apresentação, que o objetivo é “juntar sinergias e realizar uma atividade conjunta com a experiência dos parceiros”, que já organizam as quatro provas: Associação Recreativa de S. Miguel, Associação Abutrica, Montanha Clube e Associação Infante D. Pedro.

Em entrevista ao NDC, o presidente da Câmara Municipal de Penela, Eduardo Santos, realçou a “cooperação dos municípios e a relevância das provas de trail para a promoção das unidades hoteleiras e restaurantes, mas essencialmente dar a conhecer zonas da natureza que de outra forma não poderiam descobrir.

Para a vice-presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Marilene Rodrigues, destaca que sob a égide da marca Terras da Chanfana o circuito aposta no turismo sustentável, promoção do território e coesão do território” ajudando a economia local, que muito tem sido afetada pela pandemia.

O vereador do desporto da Câmara da Lousã reforçou que cada uma das “provas já têm a sua importância mas ganham uma nova escala com a criação deste circuito das Terras da Chanfana, que com este projeto a Dueceira continua a promoção do território no âmbito do desporto, capacitando e financiando as associações que os promovem.

No circuito, que obriga à participação nas quatro provas, podem inscrever-se pessoas com mais de 18 anos, que vão competir em cinco escalões masculinos e femininos. Assim, existe o escalão sénior M/F dos 18 aos 29 anos; senior  M/F dos 30 aos 39 anos, veteranos em três escalões, dos 40 aos 49, dos 50 aos 59 e maiores de 60 anos.

Durante a realização das provas do Circuito Terras da Chanfana, os atletas vão somando a pontuação que somada dará a classificação por escalão. Serão premiados os três melhores classificados por escalão que tenham terminado a prova (finishers), sendo o primeiro prémio no montante de150 euros, o segundo de 100 euros e o terceiro no valor de 75 euros.

Veja os videos dos diretos Notícias de Coimbra.

 

 

 

 

 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link