Conecte-se connosco

Mundo

Temporal provocou 110 mortos e mais de 130 desaparecidos na cidade brasileira de Petrópolis

Publicado

em

O número de mortos em Petrópolis após a tempestade que atingiu esta cidade brasileira localizada na região da serra do estado do Rio de Janeiro atingiu os 110, segundo balanço da Defesa Civil divulgado na tarde de hoje.

A Polícia Civil também informou que há mais de 130 desaparecidos na cidade, que foi atingida por fortes chuvas na noite de terça-feira.

O grande volume de água provocou deslizamentos de terra, transbordou rios e destruiu casas e ruas em vários bairros.

Segundo os ‘média’ locais, a Defesa Civil está a pedir às pessoas para deixarem certos pontos de Petrópolis devido ao risco de mais deslizamentos de terra.

O portal de notícias G1 informou que já houve um deslizamento no bairro 24 de Maio, que provocou a retirada de pessoas daquela zona.

De manhã, a Defesa Civil emitiu um aviso de previsão de chuva forte para os períodos da tarde e da noite.

Cerca de 500 bombeiros trabalham nas buscas dos desaparecidos nos bairros atingidos.

Segundo a Secretaria estadual de Defesa Civil, 24 pessoas foram resgatadas com vida e outras 705 pessoas foram encaminhadas para os 33 pontos de apoio montados na cidade para atender os desalojados.

Além disso, muitos voluntários continuaram a escavar a lama que submergiu parte da cidade em busca de sobreviventes, mesmo após a chegada de centenas de bombeiros e outros socorristas profissionais.

Depois de ter visitado as áreas mais afetadas, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, anunciou o envio de mais máquinas para Petrópolis, de modo a intensificar os trabalhos de limpeza e buscas a sobreviventes.

O governo estadual destacou também que mais 600 homens foram contratados pela Prefeitura de Petrópolis para atuarem em conjunto com os operadores de maquinaria cedidos pelo governo regional.

A autoridade regional estimou que, no total, 200 equipamentos estão nas ruas em operação de limpeza e resgate.

Num comunicado enviado pela Secretaria de Comunicação, o Governo brasileiro informou que o Presidente do país, Jair Bolsonaro, que encerrou hoje uma viagem à Rússia e a Hungria, estará na sexta-feira em Petrópolis.

Bolsonaro vai sobrevoar as áreas mais afetadas, visitará o centro de operações do Governo Federal, montado no 32.º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha, e participará numa reunião com o prefeito de Petropolis, Rubens Bomtempo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade