Cidade

Taveiro com Crematório antes do Natal de 2015?

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 04-12-2014

A Câmara Municipal de Coimbra informou que as obras do Complexo Funerário Municipal de Coimbra, junto ao cemitério de Taveiro, já se iniciaram.

PUBLICIDADE

A CMC recorda que o futuro complexo será dotado de um crematório, sala de despedida, salas de velação e áreas complementares. O atual acesso do cemitério irá sofrer uma reformulação, com vista à construção de um parque de estacionamento. O empreendimento será erigido num terreno entre o atual cemitério e a EN 341.

O prazo previsto para a execução desta obra é de 12 meses e o da concessão 30 anos. A empresa concessionária, Tomás de Oliveira e Toelta em consórcio, que não tinha realizado a obra durante o prazo estipulado, subempreitou a obra do futuro Complexo Funerário Municipal de Coimbra à empresa JPaiva – Engenharia e Construção, Lda.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A informação municipal adianta que “a sala de despedida terá a possibilidade de se abrir. Um vão de 5 metros poderá ser totalmente aberto para o hall de entrada, permitindo que em cerimónias com grande afluência de pessoas, o espaço se transforme e amplie. Hall e entrada exterior coberta vão dispor de acesso visual à sala, permitindo que um grande número de pessoas assista às cerimónias”.

PUBLICIDADE

O complexo irá também contar com uma cafetaria, que terá um funcionamento independente do edifício principal e partilhará o acesso norte do crematório, com entrada totalmente coberta. Todos os espaços são iluminados por claraboias, revela a informação da CMC enviada a NDC.

A uatarquia esclarece que “Neste novo crematório pretendeu-se conceber um edifício que se assuma como símbolo, monumento tumular, que marque este complexo funerário. Que o edifício, por si só, seja mais do que um crematório, que seja um monumento e que represente uma mais-valia, não só na função técnica, mas também como monumento à espiritualidade e símbolo do complexo”.

“O acesso a este edifício far-se-á por uma alameda de ciprestes alinhados com a entrada principal, o que lhe deverá conferir grandiosidade. Na sua envolvente é plantado prado de sequeiro. Já no lado direito da alameda de acesso, surgirá uma ilha, um relvado no centro do prado, o jardim da memória. Aqui ficará o cendrário e o columbário, um local de despedida ou um jardim onde se poderá descansar e meditar.”

 

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE