Conecte-se connosco

Destaque

“Taste Food Experience”: Aplicação gastronómica vence prémio do Turismo Centro de Portugal

Publicado

em

Uma aplicação que pretende contribuir para a estruturação e divulgação do turismo gastronómico no território das Beiras e Serra da Estrela venceu um dos prémios anuais do Turismo Centro de Portugal, anunciou hoje esta entidade.

Desenvolvida pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG), a aplicação “Taste Food Experience” venceu o Prémio José Manuel Alves/Concurso de Empreendedorismo Turístico.

Segundo Cristina Rodrigues, do IPG, esta aplicação valoriza os recursos endógenos do território das Beiras e Serra da Estrela, “através de um sistema multiplataforma onde a gastronomia se revela um fator de identidade e autenticidade capaz de atrair visitantes, alavancando a atividade turística e constituindo um fator de desenvolvimento integrado para produtores, restaurantes e empresas com oferta de produtos ou serviços neste âmbito”.

O segundo classificado foi um projeto de alojamento focado na sustentabilidade e na consciencialização ecológica, o “Pateira Glamping & Eco-resort”.

Este projeto foi idealizado para a Pateira de Espinhel, em Águeda, e “engloba oito domes geodésicos de madeira e cortiça (corkdomes), uma piscina biológica e outros atrativos e atividades orientados para o ‘wellness & spa'”, explicou o Turismo Centro de Portugal.

O terceiro lugar foi conquistado pelo “Fake Museum – A Real Museum about Fake Things”, idealizado para Coimbra e “que ambiciona ser um museu agregador de conhecimento e de identificação do que é falso”.

Com sete edições realizadas, o Prémio José Manuel Alves/Concurso de Empreendedorismo Turístico é “o prémio de empreendedorismo turístico mais antigo do país, tendo recebido um total de 342 candidaturas, distinguido 56 projetos e premiado 20”.

No que respeita ao Concurso de Teses Académicas, venceram a tese de mestrado “Estratégia Territorial – proposta de uma Rede de Aldeias turísticas sustentáveis no concelho de Santa Comba Dão”, de Rui Guilherme de Oliveira Ferraz, e a tese de doutoramento “Árvores Monumentais de Portugal: da compreensão pública a uma literacia científica”, de Ana Raquel Fernandes Pires Lopes.

Este concurso visa “valorizar o conhecimento gerado no seio da comunidade científica sobre a atividade turística” e “aproximar das empresas do setor do turismo e de todos os interessados em desenvolver projetos de empreendedorismo turístico”, justificou o Turismo Centro de Portugal.

Os prémios dos dois concursos serão entregues durante o oitavo Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, que decorrerá de 06 a 09 de junho, em Tomar.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com