Conecte-se connosco

Empresas

TAP processou 98% dos pedidos de reembolso por voos cancelados devido à pandemia

Publicado

em

A TAP já processou 98% de todos os pedidos de reembolso por voos cancelados feitos desde o início da pandemia, no valor de 668 milhões de euros, anunciou hoje a companhia aérea portuguesa.

“No que diz especificamente respeito a voos cancelados e pedidos de reembolso, a TAP já processou, ao dia de hoje, 98% dos pedidos de reembolso efetuados a nível global desde o início da pandemia (fixando-se para esse efeito a data de 01 de março de 2020), no valor de 668 milhões de euros”, refere a empresa num esclarecimento divulgado hoje.

Reagindo a uma notícia do jornal Expresso, segundo a qual a TAP “recebeu 657 milhões de euros em bilhetes para voos que ainda não se realizaram, mas que vai ter de fazer”, a “maior parte” dos quais “são viagens canceladas” devido à pandemia, a companhia considera que esta “é uma notícia positiva, pois significa que a TAP aumentou o seu volume de vendas para os voos que tinha e tem programados”.

“A TAP esclarece que, como qualquer outra companhia aérea, vende antecipadamente os bilhetes para os seus voos. A cobrança dos bilhetes não é realizada a bordo, nem após a prestação do serviço, mas sim antes de o voo se realizar, como é prática de toda a indústria mundial”, lê-se na nota hoje divulgada.

De acordo com a companhia aérea portuguesa, “em números absolutos, a TAP recebeu 2,284 milhões de pedidos de reembolso, dos quais se encontram pendentes ao dia de hoje 46 mil, evidenciando o esforço e empenho da TAP na resolução rápida deste desafio”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade