Primeira Página

Talude e passeio de Montemor-o-Velho apresenta “deformações acentuadas”

António Alves | 1 mês atrás em 20-04-2024

As “deformações acentuadas” de um passeio e talude existente na Avenida Diogo de Azambuja (ex-Estrada Nacional 111) vão ser resolvidas através de uma intervenção consignada esta sexta-feira pelo Município de Montemor-o-Velho.

PUBLICIDADE

Segundo nota de imprensa, a autarquia refere que o objetivo da empreitada é estabilizar o talude e reparar e alargar o passeio, numa extensão de cerca de 70 metros.

“Com esta intervenção, o município de Montemor-o-Velho vai reforçar a segurança da circulação pedonal, uma vez que aquele troço do passeio, junto ao terreno da Santa Casa da Misericórdia, se encontra sustentado num talude de aterro que apresenta deformações acentuadas”, indicam.

PUBLICIDADE

No auto do consignação, e de acordo com a nota de imprensa, o presidente Emílio Torrão afirmou que “apesar de não ter grande visibilidade, esta é uma obra que tem uma importância muito relevante, uma vez que vai garantir a segurança da população que diariamente circula naquela zona do passeio, que está localizado num sítio movimentado, junto a uma instituição com uma taxa de ocupação muito elevada”.

De acordo com o vice-presidente da câmara, Décio Matias, este é fundamentalmente um “investimento na segurança” para prevenir a “possível ocorrência de um desabamento de terras”.

PUBLICIDADE

Partilhando da ideia transmitida pelo presidente da Câmara Municipal de que esta é uma intervenção “há muito ambicionada”, o presidente da União de Freguesias de Montemor-o-Velho e Gatões, António Pardal, agradeceu a disponibilidade do município para a concretização da empreitada que vai conferir “maior segurança a uma zona onde passa muita gente”.

A obra “Conservação e Reparação de Estradas, Arruamentos e Caminhos Municipais – União de Freguesias de Montemor e Gatões – Estabilização de talude e reparação do passeio na Avenida Diogo de Azambuja (ex-EN111)”, pretende contribuir para o reforço das condições de circulação pedonal, representando um investimento de 39.892,40 euros, mais IVA.

Com um prazo de execução de 30 dias, a obra foi consignada à empresa Rigorvias Construções, Lda., sediada no concelho de Montemor-o-Velho.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE