Conecte-se connosco

Coimbra

Taça de Portugal – Quarta ronda vai tombar “gigantes”

Publicado

em

A quarta eliminatória da Taça de Portugal em futebol, com arranque sábado, vai tombar “gigantes”, pois há dérbi na Luz, entre Benfica e Sporting, e o detentor do troféu Vitória de Guimarães recebe o tricampeão nacional FC Porto.

O sorteio ditou duas “finais”, sendo que as principais atenções se concentram em Lisboa, onde, sábado, os “encarnados”, na ressaca de uma comprometedora derrota na “Champions”, face ao Olympiacos, recebem um “ressuscitado” Sporting.

Folgados das obrigações europeias, os “leões” de Leonardo Jardim apresentam-se famintos de êxitos e desejos de se equivalerem a FC Porto e Benfica, aos quais não ganharam na I Liga – 1-1 com as “águias”, em Alvalade, e 1-3 no Dragão.

Depois do desaire com os tricampeões, o Sporting já reentrou, porém, na rota dos triunfos, com um 3-2, após reviravolta, face ao Marítimo, que lhe vale o segundo lugar do campeonato, com os mesmos 20 pontos dos “encarnados” e a três dos “dragões”.

Por seu lado, o Benfica também venceu no fim de semana (3-0 em Coimbra, para a I Liga), mas, terça-feira, caiu por 1-0 em Atenas, num embate em que deu mostras de alguma retoma exibicional, traída pela ineficácia na finalização.

Em caso de eliminação caseira face ao “velho rival”, a pressão sobre o treinador Jorge Jesus poderá aumentar substancialmente, enquanto Leonardo Jardim procura elevar o “estado de graça” que tem gozado do lado oposto da segunda circular.

Por seu lado, o FC Porto encerra no domingo um ciclo de três saídas numa semana, depois de dois empates a um, com Belenenses e Zenit, que reduziram a sua vantagem na I Liga, de cinco para três pontos, e deixaram a equipa dependente dos russos para continuar na Liga dos Campeões.

Como o Benfica, os “dragões” não têm sido consistentes, sendo que empataram nas deslocações mais complicadas (Estoril, Restelo e St. Petersburgo) e já sofreram duas derrotas na presente temporada, em casa com Atlético de Madrid e Zenit.

A equipa de Paulo Fonseca, que tem mais um dia de descanso, é, ainda assim, clara favorita, frente a uns vitoriados, de Rui Vitória, que quererão, porém, defender o cetro conquistado a época passada frente ao Benfica (2-1).

Os desafios entre equipas da I Liga esgotam-se com a receção do Olhanense, no segundo encontro da “era” Paulo Alves, ao Sporting de Braga, no qual é grande a contestação a Jesualdo Ferreira, após quatro derrotas consecutivas no campeonato.

No que respeita aos outros conjuntos de primeira, o Arouca, que recebe sábado o Desportivo de Chaves, e a Académica, anfitriã no domingo do Académico de Viseu, duas equipas da II Liga, terão desafios em que não podem facilitar.

Por seu lado, Gil Vicente, a equipa sensação do campeonato, Marítimo, Rio Ave, Estoril-Praia e Vitória de Setúbal encontram equipas do Campeonato Nacional de Seniores (CNS).

De todas as equipas do primeiro escalão ainda em prova (só caíram o Belenenses e o Nacional), o Paços de Ferreira é a única que não joga este fim de semana, já que a sua deslocação a casa do Tondela, da II Liga, foi adiada para 17 de novembro.

Ainda este fim de semana, Penafiel e Atlético, da II Liga, jogam respetivamente nos redutos de Ribeirão e Camacha, duas equipas do terceiro escalão.

O jogo entre o Fafe (CNS) e o Deportivo das Aves joga-se no mesmo dia do Tondela-Paços de Ferreira, mas a quarta ronda só fecha a 04 de dezembro, com dois embates entre equipas da II Liga – Sporting da Covilhã-Leixões e Beira-Mar-Feirense.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com