Economia

Suspensão da comissão por reembolso antecipado no crédito à habitação prolongada até fim de 2024

Notícias de Coimbra com Lusa | 10 meses atrás em 21-09-2023

A suspensão da comissão por reembolso antecipado no crédito à habitação vai ser prolongada até ao fim de 2024, anunciou hoje o ministro das Finanças.

PUBLICIDADE

A medida, que tinha sido determinada já em 2022, será prolongada até ao fim de 2024, afirmou Fernando Medina, durante a conferência de imprensa no final do Conselho de Ministros que decorreu hoje no Centro de Interpretação Ambiental, em Leiria.

“O reembolso antecipado vai vigorar até ao final de 2024, com a possibilidade naturalmente de ser renovado ou até integrado a título definitivo na legislação”, esclareceu.

PUBLICIDADE

Segundo Fernando Medina, a comissão pelo reembolso antecipado no crédito à habitação era de cerca de 0,5% do capital amortizado, o que representava “um custo muito grande para as famílias e limitava muito as amortizações antecipadas”.

Face à medida avançada em 2022, assistiu-se “a um grande aumento das amortizações antecipadas parciais e totais do crédito à habitação”, notou.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

De acordo com o ministro das Finanças, “mais mil milhões de euros foram amortizados” desde que a medida entrou em vigor e que beneficiaram da mesma.

As medidas de estímulo à renegociação de contratos levaram também a que a utilização “destes mecanismos de base contratual entre bancos e clientes” crescesse “significativamente”, notou ainda Fernando Medina.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE