Conecte-se connosco

Coimbra

Super Circo está de regresso a Coimbra com espetáculo para todas as idades (com vídeo)

Publicado

em

O Super Circo está de regresso a Coimbra até dia 17 de outubro na Avenida Mendes Silva, no Vale das Flores, com espetáculos todas as sextas-feiras, sábados e domingos que prometem arte e animação para toda a família.

Cíntia Modesto, ginasta e responsável pelo marketing do Super Circo, relembra o período em que o circo foi obrigado a parar devido à pandemia de Covid-19, tempos que considera terem sido difíceis para este negócio familiar.

“De facto foram muitos meses sem saber quando íamos regressar, foram dias muito complicados. Os apoios também não eram muitos, infelizmente para a cultura os apoios não estão muito agradáveis”, lamenta.

A ginasta, filha do proprietário do Super Circo, adianta que durante esses 18 meses sem atividade foi necessário recorrer às economias familiares para colmatar a falta de rendimentos num período tão alargado. Entende que foi a vontade de manter esta atividade e a esperança de dias melhores que deu força à equipa do Super Circo para não desistir.

Cíntia confessa que sem atividade, a vida ambulante também deixou de existir e a família foi obrigada a ir para um terreno sua propriedade próximo de Santa Maria da Feira. Habituada a percorrer todo o país em espetáculos, a artista revela que regressar a Coimbra tem sempre um sentimento especial uma vez que foi a cidade que a viu nascer.

Neste regresso a Coimbra “como é habitual o Super Circo traz sempre grandes espetáculos, e este ano não é exceção. Mesmo com a pandemia, temos sempre de inovar porque as pessoas merecem e no final saem felizes por verem um grande espetáculo”, afirma.

Durante duas horas, o Super Circo apresenta diversas performances, desde trapezistas, ginastas, equilibristas, malabaristas, ilusionistas e claro, os célebres palhaços.

Performances com animais não fazem parte deste espetáculo. Cíntia Modesto explica que esta opção se deve a questões de logística e pela opinião pública que existe contra a utilização de animais.

A ginasta revela que está a ser “surpreendente” a receção do público da cidade ao espetáculo. “As pessoas estão a vir à cultura, estão a vir ao circo e estão a gostar. Confessam-nos que tinham saudades de vir ao circo e acabam a aplaudir de pé e a agradecer”.

O trabalho de circo envolve muitas horas de preparação e ensaios, Cíntia Modesto afirma que para fazer parte do circo é preciso “gostar mesmo” desta arte circense. “Quando se ama, quando se faz com paixão e a família está unida a fazer um grande espetáculo, o público também nota isso”.

O Super Circo tem espetáculos todas as sextas-feiras, sábados e domingos, até dia 17 de outubro no Vale das Flores, próximo dos Bombeiros Sapadores de Coimbra. Destinado a um vasto público, desde os mais novos aos mais seniores, o circo apresenta preços especiais para estudantes, reformados e pacotes familiares. Os bilhetes variam entre os sete e os 20 euros.

As normas de segurança estão a ser cumpridas, com as entradas a acontecer família a família para evitar ajuntamentos e uso de máscara. Uma vez que a sala tem uma ocupação inferior a 500 lugares não é necessário apresentar certificado digital ou teste negativo à Covid-19.

Os bilhetes podem ser reservados através dos contactos 914225937 ou 926616343, ou diretamente na bilheteira no Vale das Flores.

Todas as informações sobre o Super Circo podem ser consultadas em supercirco.pt

Veja o direto NDC com Cíntia Modesto

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link