Conecte-se connosco

Região

Start up Spartax Chemicals instala-se no Business Centre|BLC3 em Oliveira do Hospital

Publicado

em

O Business Centre | BLC3, em Lagares da Beira, Oliveira do Hospital, é um dos quatro módulos de atividades da BLC3, que tem como missão e objetivo a captação, fixação e suporte ao crescimento de projetos empresariais de forte intensidade tecnológica, estratégicos e mobilizadores na área da Bioeconomia e Economia Circular. Depois do Laboratório Colaborativo para a Economia Circular, o CECOLAB, se ter instalado e iniciado a sua atividade em 2020, numa iniciativa liderada pela BLC3 e em conjunto com mais 13 entidades nacionais, no passado dia 14, foi assinado o protocolo de instalação e sede da Start up Spartax Chemicals, que trabalha na área da Química Fina e das Biomoléculas, recorrendo a processos de química verde e com aplicação para o setor farmacêutico, nutracêutico e alimentar.

Com um plano de investimento a três anos de mais de 2,5 milhões de euros, para o desenvolvimento da sua atividade industrial, a Spartax Chemicals é uma das empresas mais promissoras a nível europeu na sua área de atividade, tendo já sido avaliada e premiada pela Comissão Europeia devido ao seu potencial tecnológico e comercial. Um projeto empresarial que representa também um plano de contratação de recursos humanos altamente qualificados superior a 10 colaboradores ao longo dos próximos três anos. Esta Start up trabalha com empresas e mercados internacionais, como a Áustria, Reino Unido e Estados Unidos da América e procura expandir a sua presença e entrada em outros mercados no próximo triénio.

Esta instalação e cooperação estratégica entre a BLC3 e a Spartax Chemicals representa também a criação de uma das mais importantes redes de química orgânica a nível mundial, uma área científica estratégica para a competitividade no setor da Bioeconomia aplicado à indústria farmacêutica, nutracêutica e alimentar, e que irá juntar mais de 45 investigadores especialistas na área, não só de Portugal, como também da Áustria e Países Baixos.

João Nunes, Presidente e CEO da BLC3, refere e destaca que “o Business Centre | BLC3 apresenta três fatores muito importantes de competitividade em Portugal: o primeiro é ser o local em Portugal com o ecossistema de inovação mais completo e de resposta para a área da Bioeconomia e Economia Circular; o segundo, a capacidade de suporte e apoio infraestrutural, laboratorial e de equipa para a industrialização de processos biotecnológicos industriais complexos e o apoio às empresas com estas necessidades em ter uma capacidade competitiva; e a localização geográfica estratégia, que num raio de ação de quatro horas de carro, abrange um mercado de mais de 16 milhões de pessoas (está ainda muito por explorar este potencial)”.

Ainda numa vertente relacionada com a importância da instalação deste start up, João Nunes, sustenta que “existe um interior que se está a transformar e a recriar, mas isto não é possível fazer “de repente” e sem conhecimento e sem bases sólidas que permitam fazer crescer projetos estruturantes e catalisadores de desenvolvimento socioeconómico. Representa o nascimento de uma área estratégia de posicionamento de Portugal a nível internacional e complementar a outras onde somos também competitivos, a área da Química Orgânica aplicada aos recursos biológicos (o que a terra gera todos os anos e ainda não aprendemos a dar-lhe o seu real valor)”.

A start up Spartax Chemicals, liderada por João Seixas, acrescenta que “como empresa focada no desenvolvimento de produtos para a indústria química englobados numa perspetiva de desenvolvimento sustentável e química verde, esta parceria é um passo muito interessante para a Spartax Chemicals. O nosso know-how na área da química orgânica enquadra-se na forma sinergística no contexto em que a BLC3 se está a desenvolver. Para uma empresa a dar os primeiros passos, a experiência, competitividade e estratégia da BLC3 representam um considerável valor acrescentado para nós e estamos gratos pela oportunidade de fazer parte desta grande família para crescermos em conjunto”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link