Desporto

Sporting e FC Porto tentam não deixar escapar o Benfica no comando da I Liga

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 28-02-2014

 Sporting e FC Porto procuram não deixar escapar mais o Benfica na liderança da I Liga de futebol, mas os confrontos com minhotos na 21.ª jornada parecem mais complicados do que a visita “encarnada” ao “aflito” Belenenses.

PUBLICIDADE

A cinco pontos do Benfica, o Sporting vai apadrinhar a estreia de Jorge Paixão no comando técnico do Sporting de Braga, enquanto o FC Porto, terceiro classificado, a sete pontos do líder, jogará “sobre brasas” no estádio do Vitória de Guimarães.

As equipas minhotas jogam uma das últimas cartadas na corrida aos lugares de acesso às competições europeias, o que pode dificultar mais a tarefa dos perseguidores do Benfica, cuja visita no domingo ao recinto do Belenenses se antecipa menos problemática.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A equipa de Belém ocupa o antepenúltimo lugar, em igualdade com o Olhanense, penúltimo colocado e primeira equipa abaixo da linha de despromoção, tendo vencido apenas um dos últimos 13 jogos na prova, um percurso diametralmente oposto ao dos benfiquistas.

PUBLICIDADE

Os “encarnados”, que perderam apenas um jogo, na longínqua jornada inaugural, estão motivados pela vantagem conquistada nas últimas partidas sobre os outros dois candidatos ao título, pelo que parece difícil que o Belenenses seja capaz de reeditar a proeza da primeira volta, quando empatou 1-1 na Luz.

Sem jogadores lesionados ou suspensos, o Benfica também não deverá acusar o desgaste do encontro de quinta-feira, no qual obteve a qualificação para os oitavos de final da Liga Europa, ao vencer os gregos do PAOK de Salónica (3-0), por força da gestão do plantel efetuada pelo treinador Jorge Jesus.

Com dois triunfos consecutivos, o Sporting parece não ter acusado a derrota sofrida frente ao Benfica há pouco mais de duas semanas, preparando-se para testar a nova “cara do Sporting de Braga, sétimo classificado, que rescindiu com Jesualdo Ferreira na segunda-feira e apresentou Jorge Paixão no dia seguinte.

A maior dor de cabeça para o treinador “leonino”, Leonardo Jardim, serão as ausências do avançado colombiano Fredy Montero, melhor marcador da equipa de Alvalade e segundo “artilheiro” do campeonato, com 13 golos, e do influente médio Adrien, ambos suspensos por um jogo.

No FC Porto, a permanência treinador Paulo Fonseca ganhou novo fôlego com o apuramento, ainda que “in-extremis”, para os 16 avos de final da Liga Europa, na sequência do empate 3-3 no reduto do Eintracht Frankfurt, que empatara no Dragão a dois.

Sem o defesa central goleador Mangala, suspenso, dois do “bis” na Alemanha, o tricampeão nacional terá no domingo uma prova de fogo em Guimarães, casa do sexto posicionado, com menos quatro pontos do que o Nacional e “proibido” de perder mais pontos na corrida ao último lugar de acesso às provas continentais.

A equipa portuense pode ter comprometido em definitivo a conquista do “tetra” no domingo, ao perder por 1-0 na receção ao Estoril-Praia, a primeira derrota sofrida no Estádio do Dragão para a Liga em mais de cinco anos e após 81 jogos sem perder na condição de visitado.

Os “canarinhos”, que voltam a assumir-se como uma das sensações da competição, seguindo confortavelmente instalados no quarto posto, abrem no sábado a 21.ª ronda, frente ao Olhanense, penúltimo colocado, sem qualquer vitória fora de casa, registo negativo apenas igualado pelo Belenenses.

Ainda na cauda da tabela, o Paços de Ferreira apostou em Jorge Costa para retirar a equipa da última posição e o novo treinador pacense, sucessor de Henrique Calisto, não terá uma estreia fácil, frente ao Marítimo, que ainda mantém perspetivas de qualificação para as competições europeias.

O Gil Vicente, que não ganha na I Liga desde a nona jornada, recebe no domingo, num jogo decisivo para João de Deus, o Vitória de Setúbal, tranquilo nono classificado, mas com a direção demissionária e eleições marcadas para 21 de março, enquanto Arouca e Académica terão honras de encerramento da jornada, na segunda-feira.

Programa da 21.ª jornada:

– Sábado, 01 mar:

Estoril-Praia – Olhanense, 18:00 (SportTV).

Sporting – Sporting de Braga, 20:15 (SportTV).

– Domingo, 02 mar:

Gil Vicente – Vitória de Setúbal, 16:00.

Paços de Ferreira – Marítimo, 16:00.

Nacional – Rio Ave, 16:00.

Belenenses – Benfica, 17:00 (SportTV).

Vitória de Guimarães – FC Porto, 19:15 (SportTV).

– Segunda-feira, 03 mar:

Arouca – Académica, 20:00 (SportTV).

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE