Extra

Smartwatches que ajudam a combater o Cyberbullying

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 19-05-2024

O aumento do uso da tecnologia trouxe para o quotidiano dos mais novos perigos que antes não se consideravam, como o cyberbullying. Tentando mitigar este problema, a SaveFamily desenvolveu um conjunto de smartwatches que dão aos mais novos a segurança e benefícios do uso da tecnologia, sem serem invasoras no seu quotidiano.

PUBLICIDADE

Nos últimos meses os casos de cyberlullying têm aumentado, e com eles a preocupação dos pais com a segurança dos seus filhos. Mais do que as situações que podem ocorrer dentro das escolas, o aumento do uso da tecnologia trouxe novos perigos. Desde contas falsas em redes sociais, usadas para a prática de assédio e chantagem, até aos convites para conversas em diferentes redes sociais, os perigos que os mais novos enfrentam são cada vez mais complexos, e cada vez mais difíceis de prever.

Ainda que em muitas circunstâncias os mais novos consigam denunciar estas situações, a verdade é que a melhor forma de fazer frente a estes perigos passa, muitas vezes, pela prevenção de comportamentos que possam ser prejudiciais aos mais novos.

PUBLICIDADE

“Há cerca de 15 anos atrás os pais preocupavam-se pela segurança dos seus filhos nos trajetos para a escola, nas brincadeiras às vezes mal medidas ou que fossem abordados por estranhos na rua. Hoje em dia, os perigos entram dentro de casa, pelos equipamentos tecnológicos que lhes são colocados nas mãos cada vez mais cedo. Mas não será necessário proibir tudo, podemos desenvolver estratégias e educar os mais novos para a utilização consciente dos equipamentos e das tecnologias.” afirma Jorge Álvarez, CEO da SaveFamily.

Além de ter em conta a idade em que a tecnologia entra no dia a dia dos mais novos, a SaveFamily desenvolveu um conjunto de smartwatches como alternativa aos telemóveis. Estes equipamentos além de trazer ferramentas e aplicações semelhantes às de um smartphone, como são chamadas, videochamadas, mensagens via Whatsapp, leitor de música, câmara, ou outras, dão aos mais novos a segurança e benefícios do uso da tecnologia, sem serem invasoras no seu quotidiano.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Aos pais, estes equipamentos trazem a certeza de poderem contactar os seus filhos em qualquer momento, e controlarem simultaneamente os conteúdos a que têm acesso, assim como se apresentam como uma primeira fase na educação dos pequenos para o uso da tecnologia e do seu potencial.

“Acreditamos que devemos dar as ferramentas e o acesso à tecnologia aos mais novos para que sejam mais conscientes da responsabilidade do seu uso, assim como comecem desde cedo a compreender como reagir a situações que possam colocar em causa a sua segurança. Infelizmente, as crianças não estão preparadas para o vasto mundo da internet, e os adultos têm a função de os educar nesse sentido. Sabemos que há cada vez mais pais conscientes desta realidade e, por isso, preferem optar por novas soluções, pois compreendem a pressão social do uso da tecnologia que os seus filhos sofrem diariamente e vêm o seu potencial como educação e crescimento para o futuro.”, conclui Álvarez.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE