Site desapareceu antes de compradora receber sapatilhas

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 13-06-2017

No dia 12 de junho de 2017, a PSP recebeu a denúncia por parte da lesada, uma cidadã de 34 anos residente nesta cidade, que informou ter sido vítima de uma burla.

PUBLICIDADE

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Conta a PSP que “a  ofendida referiu que viu num site de vendas online a venda de umas sapatilhas de uma conceituada marca, que lhe agradaram e que pretendeu adquirir. Contactado o anunciante foram estabelecidos os trâmites da transação”.
“Após o pagamento, recebeu um email a dizer que iria receber a encomenda num prazo máximo de sete dias. Dado já ter expirado esse prazo a vítima tentou aceder ao referido site e o mesmo já não se encontrava ativo”, acrescenta a polícia de Coimbra.
“Perante os factos a queixosa acredita ter sido vítima de uma burla, encontrando-se assim em prejuízo económico”, conclui a PSP

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com