Conecte-se connosco

Coimbra

Sérgio Godinho apresenta Caríssimas Canções na Figueira da Foz

Publicado

em

As “Caríssimas Canções”, de artistas como Jacques Brel, Rolling Stones e José Afonso, que o músico Sérgio Godinho revisitou em maio, em concertos, serão editadas em novembro num álbum ao vivo, anunciou hoje a promotora do compositor.

Em “Caríssimas Canções”, Sérgio Godinho converteu para o palco as canções da sua eleição, sobre as quais tinha escrito em 2012 numa série de 40 crónicas no semanário Expresso.

Em palco, em Lisboa e no Porto, acompanhado de Hélder Gonçalves, Manuela Azevedo e Nuno Rafael, Sérgio Godinho interpretou músicas de Caetano Veloso, Rolling Stones, Chico Buarque ou José Afonso, que ficam agora registadas num álbum ao vivo.

“Esta aventura de fazer versões ou ‘covers’ tem riscos de se tornar naqueles ‘covers’ de bares que ficam sempre inferiores ao original. Tínhamos que ter uma atitude mais radical em relação à instrumentação”, afirmou Sérgio Godinho à agência Lusa, em maio passado.

A estas versões, Sérgio Godinho juntou o seu próprio repertório, aquele que se cruza melhor com as canções alheias e não é necessariamente o mais conhecido: “São esses diálogos que me interessam, meus com os outros, das minhas canções com os outros”.

Nas crónicas no Expresso, já compiladas em livro, escreveu sobre os Beatles e Bob Dylan, Peggy Lee, Tony de Matos, Robert Wyatt, Paco Ibañez ou sobre os Doors e o Conjunto de António Mafra.

“Agir com cartas fora do baralho é salutar e é um estímulo muito diferente e dá trabalho, é um desafio. A entrada noutros territórios e fazê-los nossos”, admitiu Sérgio Godinho sobre os concertos.

Antecipando a edição discográfica de “Caríssimas Canções”, Sérgio Godinho fará em outubro uma série de quatro concertos no país: dia 11, em São João da Madeira, dia 18, na Figueira da Foz, dia 25, em Sintra, e dia 26, em Portimão.

Com ele estarão os músicos Nuno Rafael, Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo.

Sérgio Godinho, que em 2011 cumpriu 40 anos dedicado à música – assinalando a edição de “Sobreviventes” (1971) -, já editou vários álbuns ao vivo, entre os quais “Rivolitz” (1998) e “Nove e meia no Maria Matos” (2008).

Em 2011 editou o álbum de originais “Mútuo consentimento”.

APOIE O NOTÍCIAS DE COIMBRA. SEJA UM LEITOR BENEMÉRITO.

Confie na informação rigorosa. Contribua para o jornalismo livre e independente. Se lê regularmente Notícias de Coimbra torne -se um leitor benemérito. Pode fazer uma doação a partir de 10€/mês ou uma contribuição pontual de 10€, 20€, 30€, 50€ (o que puder e quiser). É seguro, simples e rápido. A sua contribuição é bem-vinda e fundamental para o futuro deste seu jornal.

Contribua

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com