Crimes

SEF procura e descobre estrangeiros ilegais

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 17-03-2016

O Serviço de Estrangeiros realizou, nos últimos dois dias, um conjunto de ações na zona centro do país.

PUBLICIDADE

A operação do SEF, de controlo da permanência de cidadãos estrangeiros e de combate à exploração do trabalho ilegal, levou à fiscalização de uma dúzia de alvos, em Espinho, Murtosa, Coimbra, Figueira da Foz e Figueiró dos Vinhos, abrangendo vários setores de atividade desde a restauração a empresas ligadas ao ramo automóvel, passando pelo pequeno comércio, transportes e indústria alimentar.

Foram identificadas duas centenas de indivíduos, cerca de um terço dos quais estrangeiros.

Destes, onze encontravam-se em situação ilegal, por não serem possuidores de título de residência ou visto válidos,  que os habilitassem a permanecer em Portugal.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Dois dos cidadãos em causa, porque se constatou reunirem requisitos legais para regularização da respetiva situação, foram notificados a comparecerem no SEF da área de residência, enquanto outros seis foram notificados para abandono voluntário do país, no prazo de vinte dias, sob pena de, em caso de incumprimento, lhes poder vir a ser instaurado procedimento de afastamento coercivo.

PUBLICIDADE

Três indivíduos foram detidos por permanência ilegal e presentes a Tribunal para aplicação de medidas de coação.

Em todas as localidades onde ocorreram as ações do SEF, foram detetados cidadãos estrangeiros em situação ilegal.

Seis entidades patronais que tinham ao seu serviço trabalhadores em situação documental ilegal, irão agora ser objeto de processos de contraordenação, cujas coimas podem, no conjunto, oscilar entre os 12000 e os 60000 euros.

Nas ações estiveram envolvidos mais de duas dezenas de operacionais do SEF.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE